como fazer geomarketing

Guia de como fazer geomarketing em 3 passos

Saber como fazer geomarketing é fundamental para extrair os melhores dados sem invadir a privacidade do seu cliente.

Você deve ter ouvido que o geomarketing é o futuro do mercado, mas notou que muitos clientes estão receosos com as evoluções do marketing? Pouco tempo atrás muitos usuários da gigante Apple começaram a se preocupar de que todas as suas conversas, passos e históricos estavam sendo acompanhados pela empresa.

Esse receio é uma realidade, afinal, muitos algoritmos conseguem computar tantas informações de navegação que o cliente tem a sensação de que estão lendo seus pensamentos.

Para vendas isso é extremamente vantajoso porque conseguimos prever necessidades e melhores momentos de atuação. Mas é preciso ter cuidado para não comprometer a experiência do usuário.

Se você souber como fazer geomarketing respeitando os receios e limitações do seu cliente as chances de sucesso são exponenciais! Vamos ver um passo a passo dessa estratégia?

Como fazer geomarketing

Antes de entendermos como fazer geomarketing é preciso estabelecer que essa estratégia é, normalmente, dividida em duas: geomarketing offline e online. O planejamento estratégico, alcance e impactos são diferentes.

Não sabe muito bem qual a diferença entre eles?

Geomarketing offline:

A primeira forma de como fazer geomarketing começou a ser usada na década de 50 e seu principal objetivo era detectar oportunidades, riscos e possibilidades. Quando fazemos um levantamento de dados sobre determinada região antes de implantar uma filial estamos aplicando o geomarketing offline.

Desta forma é possível identificar qual região é mais atrativa para o nosso mercado, tanto em relação a público, quanto nos quesitos logísticos. A ideia é garantir que os custos serão os menores e os lucros os maiores possíveis.

Também é uma estratégia indispensável para precificar produtos e serviços, determinar estoque e método de comunicação com clientes. Afinal, sabemos que a localização é um determinante importante no comportamento de consumo. Mas, tudo isso é feito offline!

Geomarketing Online

Com a evolução da tecnologia, Big e Small Data, geolocalização e estudos cada vez mais aprofundados sobre consumo, surgiu o geomarketing online. Vale ressaltar que, apesar da enorme evolução, a estratégia ainda é identificar possibilidades, mas agora com muito mais profundidade.

Essa nova visão trouxe a geolocalização como peça chave não apenas para planejamento estratégico de expansão e implantação, mas também para a publicidade e marketing. Graças aos geolocalizadores implantados em grande parte dos dispositivos móveis as empresas podem compreender melhor o comportamento do cliente.

Isso inclui sua localização, tempo de permanência em alguns locais e frequência com que percorrem alguns percursos. Desta forma é possível fazer contato em momentos estratégicos, oferecer promoções mais efetivas e, claro, construir uma base de informações muito mais complexa.

Se pararmos para pensar essa tecnologia é extremamente revolucionária, mas também perigosa. Afinal, o acesso ilimitado em relação à localização dos usuários pode trazer preocupação e desconforto para alguns. Por isso é imprescindível saber como fazer geomarketing da forma correta.

3 passos indispensáveis para fazer geomarketing

  1. Planejamento

como fazer geomarketing

Neste primeiro passo de como fazer geomarketing você precisa estruturar quais os objetivos com essa estratégia, orçamento, equipe responsável e quais ferramentas serão utilizadas.

No geomarketing offline sabemos que os custos e os objetivos estão ligados com expansão ou implantação de uma nova empresa. O planejamento, portanto, deve ser construído nesta linha.

Já o geomarketing online pode ter o objetivo de segmentar o público-alvo, aumentar a especificidade de promoções e ofertas. E, claro, melhorar a efetividade de campanhas de conversão.

2) Ferramentas

O segundo passo de como fazer geomarketing é implantar, contratar ou comprar ferramentas específicas para colocar sua estratégia em prática.

Afinal, ter ferramentas profissionais e integráveis é parte fundamental de como fazer geomarketing. Além de tornar a estratégia muito mais profissional, você oferece mais segurança e interatividade com o seu cliente.

A prática de como fazer geomarketing se diferencia conforme as ferramentas escolhidas. Vamos ver algumas das principais e como utilizá-las!

  • Check-ins

Check-in já é uma forma de como fazer geomarketing muito utilizada, afinal, é simples e não demanda grandes investimentos. Vale ressaltar que existem algumas maneiras de implantar esta estratégia, a mais comum é quando a empresa coloca um wi-fi gratuito atrelado com o check-in, por exemplo.

Desta forma, os clientes que sinalizarem que estão naquele local podem usar livremente a internet enquanto estiverem por ali.

  • Geotargeting

Um dos métodos mais utilizados de como fazer geomarketing é através do geotargeting, muito comum em plataformas de mídia pagas, como o Google e Facebook Ads. Com ela a empresa pode segmentar o envio de notificações para localidades de interesse.

Desta forma, se a sua empresa atende as regiões sul e sudeste, o geotargeting permite que as notificações e publicidades pagas sejam enviadas apenas para o público destas localidades.

O que, naturalmente, evita que campanhas, cliques e investimentos sejam desperdiçados com usuários que não sejam o alvo da empresa.

  • Geofencing

Para utilizar o geofencing basta que o usuário habilite o GPS do seu celular, assim as empresas podem adicionar a funcionalidade da “geocerca”. Resumidamente, essa estratégia traça um raio em um mapa digital e quando o usuário entra neste perímetro pode ser notificado de promoções, ofertas e lojas próximas.

  • API do Google Maps

Outra forma de como fazer geomarketing é através de uma API de geolocalização, a mais usada no mundo todo é a API do Google Maps. Nesta estratégia a empresa pode personalizar o seu site para segmentar os usuários de maneira a oferecer soluções mais efetivas e focadas naquele cliente.

Você, com certeza, já acessou um site e recebeu um alerta para identificar a sua localização para receber uma navegação mais personalizada, certo? Essa funcionalidade é possível devido a uma API do Google Maps.

3) Acompanhar os resultados

Muitas empresas entendem como utilizar as ferramentas de geomarketing, mas se esquecem de acompanhar os resultados. Apesar de ser uma estratégia muito popular e com resultados claros, é fundamental entender como o seu público responde a ela.

Apesar de o usuário autorizar o acesso a algumas informações, os gestores precisam verificar se ele realmente compreendeu aquela ferramenta e se está confortável com aquelas funcionalidades.

Fazer algumas pesquisas de satisfação e ter canais de comunicação com o usuário são ações que facilitam a análise dos resultados do geomarketing.

Quer entender melhor sobre o universo da geolocalização e como você pode potencializar estratégias de geomarketing com ferramentas de ponta? Então precisa conhecer a Maplink!

Maplink

Como a Maplink pode te ajudar:

  • Integração e implementação de APIs para otimização de processos operacionais;
  • Armazenamento na nuvem;
  • Otimização de rotas de entrega;
  • Entre outras inúmeras funcionalidades.

Somos a maior revendedora de Google Maps da América Latina. Integramos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas como funciona na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

geofencing ads o que é

Tags: No tags

Comments are closed.