quarta-feira, outubro 20, 2021

Internet das coisas em marketing: Personalização + Segmentação = Efetividade

Você sabia que a Internet das Coisas em marketing pode revolucionar a relação que a sua empresa tem com o cliente hoje?

Pois é, estamos na era da hiperconexão, tudo está conectado à internet, rede de dados, bluetooth, etc. Não falamos apenas de computadores e celulares, todas as coisas do nosso cotidiano podem funcionar através da conexão.

O relógio no seu pulso, por exemplo, ele já não marca apenas as horas, certo? Ele pode medir os batimentos cardíacos durante os exercícios, receber mensagens de aplicativos, mostrar suas rotas mais frequentes e até atender ligações.

Parece que a função principal, ver as horas, já não é tão utilizada, não é mesmo?

Imagine, então, quão vantajoso seria para as empresas, e para os consumidores, que estes dados coletados fossem utilizados para gerar ofertas exclusivas e experiências de compras muito mais personalizadas?

Essas são, exatamente, algumas das aplicações da Internet das Coisas em marketing. Vamos entender melhor como ela funciona e as principais vantagens para suas estratégias de propaganda e marketing?

O que é internet das coisas em marketing?

IoT em marketing

O termo internet das coisas, também conhecido como IoT (internet of things), refere-se a tecnologia de conexão em objetos não digitais, como geladeiras, fechaduras, relógios, etc. Essa ideia pode parecer muito Jetsons para muita gente, afinal, pensamos naturalmente em tecnologias extremamente complexas.

Mas a realidade é um pouco mais simples, e popular. Não é à toa que existem tantas aplicações dessa tecnologia, hoje em dia. Especificamente, ao falarmos sobre internet das coisas em marketing, estamos nos referindo ao poder de captura de dados, oferecido por todas essas “coisas” conectadas.

O marketing, antes do cenário digital, era mais generalizado e o nível de personalização não ultrapassava os limites de uma pesquisa de mercado. Hoje, por outro lado, tudo o que fazemos pode ser armazenado, no formato de dados, capturado e utilizado na criação de produtos, desenvolvimento de estratégias e métodos de abordagem muito mais assertivos.

Mas como isso funciona, exatamente?

Como funciona a internet das coisas em marketing

Internet das coisas em marketing

Apesar de muito presente na logística, indústria e no uso doméstico, a internet das coisas em marketing tem dado ainda os primeiros passos. A ideia é que, em breve, a comunicação entre a rotina dos clientes e as empresas que eles mais utilizam seja conectada.

Essa conexão ocorre transformando as “coisas” em servidores, desta forma, os sensores inteligentes e softwares de transmissão de dados em redes possibilitam a troca de informações, armazenamento de dados e disponibilização.

Por exemplo, com uma geladeira inteligente, o usuário pode inserir sua lista de compras, ela verifica quais itens faltam e realiza o pedido no supermercado cadastrado. Isso tudo digitalmente! Imagine essas informações para o marketing!

O supermercado pode fazer ofertas seguindo o padrão de consumo do cliente, oferecer produtos complementares e contar sobre novas marcas que surgiram no mercado. Percebe o grau de personalização que podemos oferecer para o cliente, ou grupos segmentados?

Nossa expectativa, portanto, é que a conexão gere cada vez mais dados valiosos sobre o perfil de consumo, preferências e necessidades dos consumidores. Essas informações estarão disponíveis para as empresas que, por fim, podem criar contatos mais personalizados.

Garantindo, assim, a efetividade das estratégias de marketing, através da segmentação, aumentando o retorno sobre investimentos de propaganda e publicidade e, claro, aumentando a satisfação do consumidor.

Vamos ver os impactos e as aplicações da internet das coisas em marketing no mundo real?

O que podemos esperar da internet das coisas em marketing

A principal função da internet das coisas em marketing é a obtenção de dados valiosos sobre comportamento de consumo dos usuários. Mas como isso pode ser realmente utilizado na prática?

  • Marketing Online e Offline

A internet das coisas em marketing pode ser extremamente útil digitalmente, com anúncios pagos segmentados, entregas de informações baseadas na geolocalização, preferências e costumes online.

Mas o marketing offline também pode se beneficiar muito com a IoT. Principalmente no desenvolvimento de lançamentos que correspondam às expectativas sinalizadas, planejamento de estratégias e escolhas dos canais de divulgação.

  • Captura de dados para melhora da experiência do cliente

Com a popularização da IoT, a expectativa dos usuários é receber contatos ainda mais personalizados. Isso quer dizer que precisaremos focar na captura de dados, utilização de Big Data e análises aprofundadas para fornecer experiências cada vez mais focadas no consumidor.

Não esperamos que o marketing não-personalizado seja extinto. Afinal, ele é fundamental para aumentar o alcance da sua marca, mas, no quesito fidelização, a sua empresa precisará investir em ferramentas complementares para capturar, armazenar, codificar e analisar dados valiosos e em grande volume.

A personalização fornecida pela internet das coisas em marketing demandará, portanto, mais especialização no tratamento de dados!

  • Comando por voz

Seguindo a ideia da experiência do cliente, uma das tendências que podemos esperar da internet das coisas em marketing é uma alteração na otimização para buscadores (SEO), dentro do marketing digital.

Falamos acima o quão positiva é a aplicação de IoT no marketing online, mas algumas coisas devem mudar no futuro. Hoje, desenvolvemos o marketing de conteúdo, publicações e postagens com palavras-chave escritas, relacionadas a produtos e serviços. Com a popularização dos buscadores por voz, como a Siri e a Alexa, o marketing precisará se reinventar na otimização para este tipo de busca.

Podemos esperar, também, mais conteúdos falados, vídeos e textos com a ferramenta de áudio.

O combo mais eficiente e inovador, no cenário atual, é Inteligência Artificial, Big Data, machine learning e internet das coisas em marketing. Mas um alerta! Ferramentas robustas demandam mais investimento, análises mais complexas e capacitação.

A escolha das ferramentas e fornecedores é essencial para garantir inovação, sem prejudicar a experiência do consumidor. Principalmente pela falta de segurança na manipulação de dados, ou invasão de privacidade.

Boas escolhas, portanto, corroboram para que a sua empresa consiga:

  • Realizar a segmentação do público-alvo;
  • Construir o embasamento para estratégias personalizadas;
  • Ter maior efetividade na entrega de informações aos clientes;
  • Descobrir novos comportamentos de consumo, demandas e tendências.

Sabe qual a escolha ideal para utilizar a geolocalização e internet das coisas em marketing? As API’s Maplink! Conheça um pouco mais sobre nossas funcionalidades!

Maplink

A Maplink, maior empresa de tecnologia em geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área, fornece o apoio para otimizar as operações de sua empresa, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Em parceria com sua equipe de TI, integramos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a comunicação entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso, na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Newsletter
Últimos Posts

Google Maps Plataform: Novo recurso de estilização de mapas

Neste mês, o Google anunciou um novo recurso de estilização de mapas, que permite melhorar a experiência para os...

Artigos Relacionados