terça-feira, dezembro 7, 2021

Marketing Digital na Crise: qual é o objetivo? Como agir?

Em meio a pandemia de Coronavírus, não há dúvidas de que o mundo mudou. Em uma situação como esta, é comum que surjam perguntas como: qual é o papel do marketing digital na crise? Devo aumentar ou diminuir o orçamento deste setor?

Estamos passando por um momento delicado, no qual, todos estão sendo afetados em alguma medida. Com a queda do faturamento, infelizmente os prejuízos parecem inevitáveis. É por isso que precisamos falar em termos de prevenção de perdas, elaborando estratégias de enfrentamento para reduzir esses impactos.

Neste post vamos tentar entender qual é o papel do marketing digital na crise, como ele pode ajudar a superar este desafio e o que algumas empresas têm feito neste sentido.

Como a pandemia tem afetado o comportamento de compra do consumidor?

A crise do Coronavírus impôs mudanças radicais na forma como as pessoas vivem e se relacionam. Sendo assim, o comportamento do consumidor também foi alterado, respondendo às novas necessidades impostas pela situação.

Aqui apresentaremos alguns dados divulgados no boletim Cielo, que compara os reflexos da crise no varejo brasileiro durante o período de 1º de março a 8 de abril do, em comparação a dias equivalentes do mês de fevereiro de 2020.

Setores de Bens não Duráveis

marketing digital na crise bens não duráveis
Fonte: Cielo | ICVA – Índice Cielo do Varejo Ampliado

De acordo com os gráficos, é possível perceber alta apenas nos setores de Drogarias e Farmácias (3,8%) e Super/Hipermercados (19,3%). Enquanto isso, observamos queda no setor de Postos de Gasolina (24,7%) e Demais Setores de Bens não Duráveis (26%).

Setores de Bens Duráveis

marketing digital na crise bens duráveis
Fonte: Cielo | ICVA – Índice Cielo do Varejo Ampliado

Quando se trata de bens duráveis, também houve queda, com destaque para o setor de Vestuário (51,7%), seguido por Móveis, Eletro e Lojas de Departamentos (40,4%) e Materiais para Construção (18,5%).

Setores de Serviços

marketing digital na crise serviços
Fonte: Cielo | ICVA – Índice Cielo do Varejo Ampliado

Dentre todos os setores, os de serviços são os que estão sendo mais afetados pela pandemia. O setor de Transporte e Turismo apresenta uma queda de (64,9%), seguido por Bares e Restaurantes (44,4%) e Serviços Automotivos e Autopeças (27,2%).

Esses dados demonstram o que as pessoas têm encarado como prioridade frente a este momento de crise e incertezas.

Apesar de se referirem ao Brasil, é possível dizer que outros países do mundo estão passando por situações semelhantes, de acordo com o momento da pandemia em que se encontram. É com base nesse tipo de tendências que precisamos pensar o papel do marketing digital na crise. Afinal, como ele pode ajudar?

Como o Marketing Digital está sendo afetado pela crise causada pela pandemia de COVID-19?

Do mesmo modo que o comportamento de compra dos consumidores sofreu alterações com a crise, o marketing digital também precisa se adaptar.

Se antes o espaço na internet era utilizado para a divulgação de serviços, produtos e ofertas, agora se tornou um importante local para orientar os consumidores e anunciar as medidas de segurança que estão sendo tomadas, seja em lojas físicas ou em centros de distribuição. Algumas delas são:

  • aferição de temperatura de clientes e colaboradores;
  • uso de EPIs por parte das equipes;
  • definição de um horário de atendimento exclusivo para idosos;
  • disponibilização de álcool em gel na porta dos pontos de venda;
  • limitação do número de clientes dentro das lojas, evitando aglomerações;
  • marcações no chão delimitando uma distância segura entre as pessoas;
  • intensificação da higienização dos ambientes;
  • dentre outras.

Neste contexto, o marketing digital na crise pode desempenhar um papel muito importante, aproveitando o momento para produzir conteúdos úteis, que de fato possam ajudar os consumidores.

Por outro lado, marcas que apostaram no oportunismo, apenas tentando tirar proveito da situação, correm o risco de ter sua reputação manchada.

Quais oportunidades estão surgindo para o Marketing Digital na crise?

Com boa parte das pessoas evitando sair às ruas, o atendimento online personalizado ganha destaque, e tende a ser o melhor caminho para reduzir os impactos da crise e até mesmo explorar novas possibilidades.

Agora, tudo o que puder ser automatizado ou realizado remotamente, ganha espaço e gera resultados ainda mais promissores. Um bom exemplo disso são as lives, que têm mostrado todo o seu potencial. Do ensino à distância ao atendimento psicológico online, as pessoas estão redescobrindo o potencial da tecnologia.

Por se tratar de uma situação nova para todos, estamos aprendendo juntos a lidar com ela. Desse modo, aqueles que conseguirem inovar e usar a criatividade para desenvolver estratégias que ajudem a superar a crise, terão mais chances de conquistar seu espaço nesta nova lógica de mercado.

Vale lembrar que o marketing digital não é uma ferramenta voltada apenas para as vendas, mas também para o relacionamento entre marca e consumidores. Ou seja, mesmo que seu faturamento caia durante este período de crise, o marketing digital pode contribuir para melhorar o posicionamento da sua marca no mercado, gerando a visibilidade necessária para ela se reerguer ao fim da pandemia.

Neste ponto vale destacar os benefícios de uma estratégia de marketing omnichannel, capaz de oferecer uma experiência mais consistente e personalizada aos consumidores, que mais do que nunca, precisam do apoio e atenção por parte das marcas.

Como fazer Marketing Digital na crise?

Em um momento em que as pessoas estão isoladas, e muitos inclusive perderam sua fonte de renda, não é difícil imaginar como será vista a imagem de marcas que adotarem uma postura agressiva de vendas, não é mesmo?

É justamente por isso que a empatia e a compreensão passam a ser as melhores ferramentas do marketing digital na crise, conferindo humanidade e solidariedade no relacionamento entre marcas e consumidores.

Uma coisa é certa: a forma como sua marca se posiciona hoje em relação à pandemia gera um impacto nos consumidores, e você pode ter certeza de que isso influenciará, para o bem ou para o mal, suas vendas no futuro, quando ocorrer o fim do isolamento.

Com isso é possível perceber o grau de importância do marketing digital na crise, afinal, é a partir dele que as marcas se comunicam com seus clientes. Logo, manter um relacionamento próximo, humanizado e verdadeiramente preocupado pode ser extremamente positivo para a imagem da sua marca.

Como deve ser a atuação do Marketing Digital na crise?

Com os dados apresentados anteriormente, não é difícil perceber que neste momento de crise, a maioria das pessoas está mais preocupada com a sua saúde do que com o consumo de itens não essenciais, como móveis, roupas, etc.

Logo, parece ser o momento de diversificar as ações, preocupando-se em ser útil e, ao mesmo tempo, gerar leads qualificados para que, quando a pandemia passar, seja possível retomar os negócios, a partir de uma base sólida de pessoas dispostas a consumir seus produtos e serviços.

Com base nisso, vamos a algumas sugestões para uma boa atuação do marketing digital na crise:

1 – Demonstre sensibilidade e preocupação

Um ótimo exemplo neste sentido vem sendo dado pela Marisa, que alterou suas campanhas de e-mail marketing padrão, adicionando mensagens sensíveis de apoio e dicas simples de como se proteger da contaminação por COVID-19.

como fazer marketing digital na crise coronavírus

2 – Mostre o que você tem feito

Compartilhe as medidas de segurança e higiene que estão sendo tomadas na sua empresa, visando a segurança de clientes e colaboradores.

Abaixo você confere o comercial da rede se supermercados Condor, apresentando as medidas preventivas que estão tomando contra o COVID-19.

3 – Oriente seus clientes e simplifique o processo de compra online

Orientar os clientes no uso dos canais digitais, incentive as compras online, principalmente para aqueles que fazem parte dos grupos de risco.

4 – Incentive o uso de aplicativos de entrega

Incentive o uso de aplicativos de entrega rápida para a realização de compras sempre que possível, de modo a evitar o deslocamento das pessoas até as lojas, reduzindo as aglomerações.

Um pouco na linha do item 2, porém relacionado a aplicativos de entrega, no vídeo abaixo o iFood apresenta um pouco de suas ações em relação ao Coronavírus:

5 – Ofereça o serviço de entrega

Em um momento em que serviços de entrega se tornaram um diferencial ainda mais importante, muitas empresas estão oferecendo esse tipo de facilidade, seja por meio de aplicativos já consagrados ou mesmo realizando as entregas por conta própria.

O Sebrae preparou um vídeo com dicas essenciais para quem está querendo aderir ao serviço de entrega expressa em tempos de coronavírus:

Ferramentas e tecnologias úteis para reduzir os impactos da crise

O marketing digital sempre foi uma ótima ferramenta para apresentar uma marca aos consumidores. Agora, mais do que nunca, ele se mostra extremamente útil para amenizar os impactos da pandemia, promovendo um relacionamento mais próximo e empático entre marca de consumidor.

Mas para enfrentar esta crise, além do marketing digital, há outras estratégias que podem ser utilizadas para otimizar o desempenho da sua empresa — principalmente no caso de e-commerces, frente a maior demanda devido ao isolamento social — aumentando a qualidade do serviço prestado ao consumidor.

Um bom exemplo é o uso da tecnologia de APIs, ferramentas capazes de integrar os sistemas da sua empresa a outros serviços e aplicações. Com elas é possível otimizar as rotinas e operações do seu negócio, reduzindo custos e aumentando a produtividade.

Veja algumas das vantagens que as APIs podem gerar para a sua empresa:

  • otimização da roteirização de cargas e entregas;
  • maior visibilidade sobre as operações de transporte;
  • melhora no desempenho da logística;
  • maior visibilidade para o seu negócio;
  • maior segurança contra fraudes nos pagamentos;
  • redução de custos;
  • dentre muitos outros benefícios.

Como a Maplink e suas APIs podem ajudar a sua empresa a enfrentar esta crise?

A Maplink, maior empresa de tecnologia em geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área, fornece o apoio para otimizar as operações de sua empresa, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Em parceria com sua equipe de TI, integramos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a comunicação entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Dia Supermercados, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem qual é o papel do Marketing Digital na crise decorrente da pandemia de COVID-19! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

marketing digital na crise COVID-19

Newsletter
Artículos Recientes

Quais as vantagens do Google Cloud? Comparação com AWS

Quais são as vantagens do Google Cloud quando comparadas às da AWS (Amazon Web Services)?  Por mais que a AWS...

Artículos relacionados