terça-feira, dezembro 7, 2021

O que é marketing de varejo? Vale a pena? [7 vantagens]

Como você conduz o marketing da sua loja? Você trabalha com muitos produtos e não sabe como promovê-los? Já tentou de tudo mas não está tendo resultados? É justamente por isso que você precisa entender o que é marketing de varejo, e como essa estratégia pode ajudar a alavancar as suas vendas!

Para início de conversa, você precisa entender que a região onde sua loja está localizada, bem como o tipo de produto que você vende e o preço que você cobra determinam quem será o seu público-alvo.

Outros fatores que influenciam é a maneira como expõe os produtos, como organizar a vitrine e até mesmo a música ambiente e o perfume da loja. Todos esses elementos, e mais alguns, precisam estar equilibrados, comunicando uma mensagem coerente com o que você quer transmitir para o seu público-alvo.

Para você entender melhor como tudo isso funciona na prática, preparamos este artigo, onde falaremos sobre o que é marketing de varejo, qual é a sua função e suas principais vantagens.

Afinal, o que é marketing de varejo?

É importante observar que o marketing de varejo não é muito diferente do marketing tradicional. Assim como este, trata-se de um conjunto de estratégias utilizadas para divulgar e vender produtos no setor varejista, em uma modalidade B2C, ou seja, quando uma loja vende diretamente para o consumidor final.

Nesta lógica, usa-se elementos como a qualidade dos produtos, preços atrativos e promocionais, atendimento personalizado, dentre outras estratégias como diferencial para aumentar a percepção de valor dos consumidores em relação aos produtos e, com isso, vender mais e melhorar o posicionamento da loja no mercado.

Leia também: Como vender mais e melhor no varejo? 7 estratégias valiosas

Para que serve o marketing de varejo? Qual é a sua função?

Para entender melhor o que é marketing de varejo é interessante compreender sua função e qual é a sua diferença em relação ao marketing tradicional. Para isso, nada melhor do que exemplos práticos, não é mesmo?

A principal diferença é que quando se trata de um comércio B2C, ou seja, quando a venda é realizada para o consumidor final, muitas vezes a loja tem de lidar com uma grande variedade de produtos.

Se pensarmos em uma fábrica de tapetes, por exemplo, logo percebemos que seu marketing só precisará se preocupar em divulgar e vender um único tipo produto em um mercado B2B.

Por outro lado, ao pensar em uma loja de departamentos, logo percebemos que ela comercializa diversos tipos de produtos, de utensílios de cozinha à materiais de escritório. Convenhamos que a abordagem para vender uma taça certamente será diferente da utilizada para vender um grampeador, concorda?

Com isso, podemos perceber que o marketing de varejo têm suas particularidades, exigindo diferentes estratégias de divulgação, que levam em conta o tipo, variedade e quantidade de produtos que uma loja tem a oferecer.

Leia também: Você sabe o que é varejo omnichannel? Entenda como funciona!

Os 4 Ps do Marketing e o varejo

Quando falamos sobre o que é marketing de varejo é impossível não citar os 4P’s do marketing: produto, preço, praça e promoção. Estes são alguns dos principais elementos que definem e orientam a atuação de uma estratégia de marketing. Confira de forma resumida a que cada um se refere:

  • Produto: o que você vende? Se refere às características do produto, considerando tipo, variedade e quantidade daquilo que é comercializado por uma loja.
  • Preço: quanto custa o que você vende? Está relacionado a quanto uma loja cobra pelo que vende. Elemento fundamental para a definição do público-alvo, exerce grande impacto na percepção de valor do produto.
  • Praça: onde você vende? Está relacionado à localização do ponto de venda e ao acesso dos consumidores aos produtos, que também tem grande influência na definição do público-alvo.
  • Promoção: como você vende? Diz respeito à forma como a marca é promovida, como é a comunicação e a exposição do produto, que pode incluir diferentes canais, tanto no que se refere a venda quanto a propaganda.

A análise e definição desses elementos é diretamente responsável pela maneira como uma marca se posiciona, ou seja, influencia na forma como ela se comunica, no padrão de atendimento dentro das lojas, no estilo de expor seus produtos, etc.

Tendo em vista que o que o marketing de varejo busca é promover e vender produtos, diferenciando uma loja da outra, levar em conta aspectos como os 4Ps do Marketing pode ser uma boa estratégia para conquistar diferenciais competitivos.

Para se aprofundar um pouco mais neste tema, confira o vídeo abaixo:

Leia também: 4 dicas de atendimento ao cliente no varejo: o que fazer?

Quais são as vantagens do marketing de varejo?

Para ver as vantagens do marketing no varejo, confira nosso infográfico completo:

Quando bem executado, o marketing de varejo tende a gerar muitos benefícios para a empresa que o aplica, dentre eles estão:

  1. estabelece uma imagem positiva e atrativa para a marca no mercado;
  2. aumenta a visibilidade da marca;
  3. atrai a atenção dos consumidores;
  4. aumenta o número de vendas;
  5. contribui para a fidelização de clientes;
  6. aumenta a rentabilidade da empresa;
  7. conquista espaço no mercado, superando a concorrência;

Leia também: Varejo omnichannel: saiba como integrar ações on e offline

E aí? Ficou claro o que é marketing de varejo?

Agora que você já sabe o que é marketing de varejo, deve ter ficado mais clara a importância e as vantagens de se investir neste tipo de estratégia. Analisar o mercado a partir do tipo de produto que você vende, pode ser uma ótima forma de tomar decisões e planejar suas ações.

É claro que a tecnologia em muito pode contribuir para o sucesso dessas práticas, permitindo, por exemplo, a adesão a um modelo de atendimento omnichannel, potencializando ainda mais os seus resultados.

A Maplink, maior empresa de tecnologia em geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área, fornece o apoio para otimizar as operações de sua empresa, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Em parceria com sua equipe de TI, integramos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a comunicação entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem o que é marketing de varejo, suas vantagens e como aplicá-lo em uma empresa! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

marketing de varejo

Newsletter
Artículos Recientes

Quais as vantagens do Google Cloud? Comparação com AWS

Quais são as vantagens do Google Cloud quando comparadas às da AWS (Amazon Web Services)?  Por mais que a AWS...

Artículos relacionados