quinta-feira, setembro 2, 2021

Cases omnichannel: Empresas brasileiras e internacionais que tiveram sucesso nessa estratégia

Caminhamos, hoje, para um cenário multichannel no Brasil e algumas empresas estão, inclusive, um passo à frente, formando um ranking de cases omnnichannel de sucesso!

O que, naturalmente, garante uma vantagem extremamente relevante neste mercado competitivo. E não apenas pelo aumento de eficiência, melhora na comunicação e integração, mas, principalmente, por atender um cliente que exige a oferta de múltiplos canais e uma experiência fluida entre eles.

É exatamente isso que a estratégia omnichannel entrega. Mas precisamos reconhecer que implantar esse método não é uma tarefa simples. Muito pelo contrário, os cases de sucesso omnichannel dependem da construção de uma estrutura complexa e extremamente integrada.

Como, por exemplo, um gerenciamento integrado de estoque, a logística preparada para atender múltiplos canais, marketing e vendas com a mesma linguagem. Essa complexidade significa que empresas com níveis menores de tecnologia não podem ser um case omnichannel?

Não! Com planejamento e estratégias adequadas, a sua empresa também pode implantar o modelo omnichannel. Para começar essa trajetória, que tal se espelhar em grandes players? É exatamente isso que faremos aqui, vamos entender como grandes empresas omnichannel entregam esta experiência aos seus clientes!

10 Cases Omnichannel de sucesso

Cases Omnichannel

Antes de elencarmos os principais cases omnichannel, vamos analisar a importância dessa estratégia no cenário atual!

Você sabia que, hoje, nove em cada dez consumidores, com acesso à internet, dizem realizar pesquisas online antes de efetuar, de fato, compras em lojas físicas? Principalmente, na faixa etária de 18 a 34 anos. Mas, para a surpresa de muitos, o inverso também é uma realidade.

Mais de 60% dos consumidores se dirigem a uma loja física para ver, testar e provar produtos, voltam para os seus smartphones e desktops para finalizar a compra. Seja para aproveitar descontos ou evitar filas, o fato é que o consumidor já se tornou omnichannel. Precisamos, agora, correr atrás para oferecer essa experiência para ele!

Tal como os cases omnichannel que citaremos a seguir. Veja só:

  • Magazine Luiza omnichannel

Magazine Luiza é, sem dúvida, um dos principais cases omnichannel, hoje, no Brasil. A empresa varejista, liderada pela família Trajano, se tornou uma história de sucesso, principalmente pelos investimentos em inovação, tecnologia e experiência do cliente.

Com iniciativas omnichannel, a empresa conseguiu “crescer 241% no digital e 51% nas lojas físicas entre 2015 e 2018, respectivamente.” E engana-se quem acredita que essa estratégia começou recentemente, de acordo com a Forbes, a gigante varejista começou sua transformação digital na década de 90, com a criação das primeiras lojas virtuais.

De lá para cá, a empresa conseguiu não apenas lançar novos canais de vendas e atendimento, como desenvolveu uma forma de gerenciamento integrada através de uma única plataforma operacional.

Saiba mais: Como funciona uma plataforma Omnichannel? Veja quais são as melhores

Vale ressaltar que o Magazine Luiza omnichannel foi construído sob um solo extremamente preparado. Para isso, a empresa construiu a Luiza Labs, um laboratório de tecnologia que visa compreender tendências, testar novas ferramentas e compreender o comportamento do seu consumidor. Desta forma, a empresa consegue se manter sempre atualizada e focada em melhorar a experiência do cliente.

Para compreender melhor como a Magazine Luiza se tornou um dos cases omnichannel de maior relevância no país, veja o vídeo abaixo. Nele, Frederico Trajano, um dos principais responsáveis pela transformação digital na empresa, fala um pouco sobre o processo de integração online e offline:

Você também vai se interessar: 5 Livros sobre Omnichannel para você dominar o tema ?.

  • Centauro omnichannel

Em 2016, a Centauro deu um passo importante para  se tornar um dos cases omnichannel de sucesso. Naquele ano a empresa lançou a “Mega Loja”, no Shopping Leblon, um ponto de venda físico que mesclava a experiência on e offline. O cliente poderia pesquisar pelos 15 mil itens disponíveis de forma digital, escolher o seu produto, comprar e, se não houvesse estoque, este item era enviado para o seu endereço.

Além deste modelo de loja, a empresa também oferece outros canais, como Whatsapp, e-commerce e aplicativo. E, para se tornar um dos nossos cases omnichannel, claro, a comunicação completamente integrada entre os canais é parte indispensável.

A empresa fornece, por exemplo, opções de trocas e compras que interligam os canais on e offline. O cliente pode, portanto, comprar online e realizar a troca em uma loja física.

Esse caminho digital deve se manter, afinal, a empresa disputa território com a Netshoes, adquirida recentemente pela Magazine Luiza. Ou seja, é preciso investir em inovação para não perder vantagem competitiva.

Ficou curioso para entender mais sobre a história da Centauro? Então, veja abaixo um pouco mais sobre a marca:

  • O Boticário omnichannel

O grupo O Boticário tem dado seus primeiros passos para se tornar um importante case omnichannel brasileiro. A empresa já é considerada extremamente inovadora e prova disso, recentemente, investiu mais de R$ 30 milhões no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento. Uma estrutura ultra moderna com laboratórios nacionais e internacionais, centenas de pesquisadores e parcerias com grandes universidades.

Esse investimento em inovação permite que a empresa se mantenha atualizada nas tendências de mercado e de comportamento dos seus clientes. Não é à toa que ela já é um dos grandes nomes na logística reversa e, claro, também entra como um dos nossos cases omnichannel.

Hoje a empresa trabalha com múltiplos canais de atendimento, como o presencial, em PDV’s por todo o território, e-commerce, aplicativos e revendedoras.

E, recentemente, a empresa ofereceu uma experiência omnichannel, na qual o cliente poderia receber amostras grátis de novos produtos. Ele acessava a oferta pelas redes sociais, anúncios patrocinados ou e-mail marketing, realizava o cadastro, convidava um amigo e, então, era só selecionar o PDV mais estratégico para retirar seu brinde.

Com o nível de evolução dos principais cases omnichannel, o Boticário ainda é iniciante nessa estratégia, mas podemos esperar uma grande evolução para os próximos anos!

No vídeo abaixo, podemos ver um pouco mais sobre as soluções inovadoras do grupo:

  • Polishop

A polishop é, sem dúvida, um dos cases omnichannel mais citados na rede. Afinal, a empresa já apresentava, há muitos anos, um formato diferenciado de atuação, com canais de televisão e compras pelo telefone.

Para a empresa o mais importante é que o consumidor defina qual a melhor forma de entrar em contato com a marca. E, independente da sua escolha, ele encontrará a mesma linguagem, mesmo atendimento, cartela de produtos, preços e formas de pagamento.

Ou seja, o cliente tem total liberdade de trafegar entre os diversos canais sem ter a sua experiência prejudicada por ruídos e quebras de comunicação.

João Apolinário, fundador e presidente da Polishop, falou um pouco sobre a visão da empresa referente a essa estratégia e explicou porquê a marca é um dos principais cases omnichannel. Veja só:

 

Outros cases omnichannel que valem a pena conferir

  • Arezzo

  • Leroy Merlin

 

  • Sephora

  • Ford

  • Best Buy

  • Disney

São inúmeros cases omnichannel para se inspirar, não é mesmo? E a sua empresa? Já investe em estratégias de automação para oferecer ao cliente uma experiência mais integrada, positiva e fluída?

Não? Que tal começar a investir em soluções adaptáveis ao seu negócio, como as API’s Malink?

Maplink: a solução ideal para implementar uma estratégia omnichannel em sua empresa!

Com esses cases omnichannel é possível perceber uma tendência: as lojas não apenas oferecem a liberdade de o cliente transitar entre o online e o offline, mas também incentivam essa prática, adotando estratégias que aumentam as chances de efetuar novas vendas.

Se você está querendo implementar esse tipo de estratégia em seu negócio, saiba que contar com o suporte de uma empresa especializada no assunto pode fazer grande diferença.

A Maplink, por exemplo, desenvolve soluções que permitem utilizar a inteligência de geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas como funciona na prática?

A Maplink, junto com o seu time de TI ou desenvolvimento, oferece uma plataforma de APIs que integram com os sistemas da sua empresa, usando a tecnologia para otimizar as operações, garantindo informações estratégicas e a redução de custos logísticos.

Somos a maior empresa de tecnologia de geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área!

Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Integração e implementação de APIs para otimização de processos operacionais;
  • Nossas APIs integram facilmente com qualquer tecnologia ou sistema (TMS, CRM, WMS e outros). Além disso, o seu time terá acesso a uma documentação completa e a um time de especialistas dedicado, garantindo uma implementação rápida;
  • Otimização de rotas de entrega;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Raízen, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Newsletter
Últimos Posts

Novo recurso para o cálculo de pedágio proporcional de acordo com a nova lei!

O sistema de livre passagem, também conhecido como "Free Flow" ao redor do mundo, chegou ao Brasil e está...

Artigos Relacionados