Como identificar os diferenciais de uma franquia?

Começar um negócio do zero é um grande desafio para os empreendedores. Dispostos a abrir mão da relativa segurança de um emprego com carteira assinada, eles têm em mente que a empreitada poderá trazer resultados mais promissores no futuro — e muitos avaliam os diferenciais de uma franquia pensando em minimizar os riscos.

Por Maplink

18/09/2018

Começar um negócio do zero é um grande desafio para os empreendedores. Dispostos a abrir mão da relativa segurança de um emprego com carteira assinada, eles têm em mente que a empreitada poderá trazer resultados mais promissores no futuro — e muitos avaliam os diferenciais de uma franquia pensando em minimizar os riscos.

Neste post, você vai ver como funciona uma franquia, quais são as características mais positivas desse tipo de negócio frente às empresas convencionais e como conferir se uma rede de fato conta com essas particularidades. Confira!

Como funciona uma franquia?

A ideia de uma franquia é que uma empresa — a franqueadora — expanda a sua atuação por meio da concessão do direito de uso da marca e da transferência da inteligência relativa ao funcionamento do negócio. Esse conhecimento vai desde as estratégias para a gestão da empresa até o operacional e o conceito por trás de um serviço ou linha de produtos.

O empresário também tem acesso aos mesmos fornecedores da franqueadora — afinal, é do interesse da rede que haja uma padronização da qualidade daquilo que a marca tem a oferecer aos seus clientes. Sem falar nos treinamentos que as franqueadoras costumam fornecer aos franqueados.

Diante de todos esses benefícios, é preciso deixar claro que a lucratividade de uma franquia também depende do empenho do empreendedor. Não basta investir no negócio, pagar as despesas à franqueadora e esperar que os resultados apareçam por conta própria. É preciso esforço para executar as estratégias recomendadas, estimular a produtividade e gerir a empresa da melhor maneira.

Quais são os diferenciais de uma franquia?

Agora que está claro como é o funcionamento de uma franquia, vamos entender melhor quais são os diferenciais desse modelo de negócio. Acompanhe!

Marca testada e prestigiada

Talvez o maior diferencial das franquias seja o fato de que o modelo de negócio já foi testado e aprovado pelo público. Em vez de precisar construir uma base de clientes desde o início, explicando a proposta da empresa e incentivando as pessoas a experimentar uma novidade, você poderá usufruir de uma marca com presença no mercado.

Isso representa um risco a menos para o empreendedor, que não precisará se preocupar tanto em relação à aceitação do produto ou serviço. Dependendo da franquia, as pessoas já saberão o que esperar da marca e frequentarão aquela unidade confiando que ela seguirá ou mesmos padrões de qualidade de outra filial que elas já conheçam.

Padrões definidos

Já que citamos os padrões de qualidade, é importante destacar as medidas de padronização das franquias como mais um diferencial. Com o objetivo de manter a mesma experiência do consumidor em todas as unidades, a franqueadora precisa estabelecer uma série de normas e processos que os franqueados devem seguir se quiserem acompanhar o sucesso da rede.

Por um lado, pode parecer que o empreendedor não terá liberdade suficiente para cuidar da sua empresa. Contudo, de outro ângulo, percebemos que é justamente o respeito às normas da franqueadora que garantirão o atendimento adequado ao consumidor e o nível de excelência dos produtos/serviços que você oferece — algo que está diretamente relacionado ao sucesso do negócio.

Posicionamento estratégico

Outro benefício de uma franquia é que, se for uma empresa sólida, já terá um posicionamento estratégico estabelecido. Isso significa que os responsáveis da rede franqueadora já conhecerão bem as forças e fraquezas do negócio e terão metas bem definidas para a evolução das operações.

Além disso, eles contarão com uma análise da concorrência que reconhece onde estão as ameaças do mercado, assim como as oportunidades, que poderão ser apontadas diretamente para os franqueados. Lembrando que a comunicação entre a franqueadora e o empreendedor deve ser de mão dupla, permitindo que ele também forneça feedbacks para melhorar o sistema como um todo.

Troca de conhecimento entre os franqueados

Assim como franqueado e franqueadora podem — e devem — manter um bom relacionamento, em redes bem estruturadas também é possível haver a troca de conhecimento entre os franqueados. Essa é uma excelente prática, porque possibilita aos empreendedores discutir as melhores práticas para aquele segmento de negócio e até mesmo tirar dúvidas sobre certos processos e ações.

Trata-se de mais uma maneira de fortalecer a marca, já que um compartilhamento de ideias como esse favorece o surgimento de soluções criativas e estratégias competitivas.

Como identificar esses diferenciais?

Vimos diferenciais bastante atrativos, mas é preciso ter cuidado ao verificar se a franquia realmente conta com todos os quatro que listamos acima. Sendo assim, confira muito bem os seguintes pontos:

  • verifique há quanto tempo a franquia existe, procure saber sobre os seus responsáveis, descubra o número de unidades e a qual é a velocidade de expansão;
  • pesquise sobre o manual da franquia e entenda como ela lida com a padronização dos processos e qual rigor espera dos franqueados no que se refere ao cumprimento das normas;
  • procure saber como a franqueadora lida com o posicionamento da marca e se ela tem ações nítidas que visam a superar a concorrência (política de preços, promoções, eventos culturais etc.);
  • visite algumas unidades da franquia na qual você tem interesse e tente conversar com o gestor sobre o ecossistema, se existe um relacionamento amistoso entre os franqueados e se há uma troca de informações entre eles ou não.

Por fim, aproveite o ambiente favorável às franquias no Brasil para estudar bastante sobre essa área e conseguir ainda mais informações. Os portais do Sebrae e da Associação Brasileira de Franchising (ABF) são ótimas fontes, as quais os franqueados, inclusive, deveriam visitar com frequência para desenvolver ainda mais os seus negócios.

Podemos perceber, portanto, que os diferenciais de uma franquia são estímulos interessantes tanto para empreendedores experientes quanto para os iniciantes. Porém, é preciso ter atenção às políticas da franquia e saber identificar se os processos da franqueadora estão, de fato, de acordo com as suas expectativas para abrir um novo negócio.

Gostou das dicas? Quer saber mais sobre franquias e soluções de logística e geolocalização que podem ser úteis para esse segmento? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das atualizações!

Baixe nosso ebook

Nossos Escritórios


O Maplink usa cookies

Por favor, confirme se você aceita nossos cookies de rastreamento. Você pode recusar e continuar navegando no Maplink sem enviar dados. Ler