domingo, maio 22, 2022

Google Maps Platform: Novo recurso de estilização de mapas

Neste mês, o Google anunciou um novo recurso de estilização de mapas, que permite melhorar a experiência para os usuários por meio de novas opções de controle e flexibilidade.

Essa personalização pode ser feita a partir das seguintes ferramentas:

  • Estilos de mapas baseados em nuvem: uso do Google Cloud Console para criar e gerenciar estilos de mapas e vinculá-los aos seus mapas usando IDs de mapa. É possível criar novos estilos usando a ferramenta de estilo ou importar definições de estilo existentes. A página da web é atualizada automaticamente cada vez que um estilo for atualizado.
  • Declarações de estilo JSON: para cada alteração de customização no mapa, é necessário incorporar declarações de estilo JSON, definindo manualmente os estilos de mapa. Alterar essas declarações de estilo requer a atualização do código do lado do cliente que usa o dispositivo do usuário final para realizar operações e atualizar a página da web.

Conheça mais sobre as principais possibilidades a partir desse novo recurso:

Pontos de referência

Nos aplicativos para celular e via web do Google Maps para consumidores, existem agora alguns aprimoramentos para lugares de destaque, que mostram aos usuários pontos de interesse, melhorando a orientação e a navegação nas cidades em que estão.

Com essa personalização do mapa, é possível alterar a exibição visual de elementos como estradas, parques e edifícios. 

Com os pontos de referência em destaque, o usuário conseguirá escaneabilizar o mapa mais rapidamente, melhorando sua experiência de navegação.

Como habilitar – Pontos de Referência

Para habilitar pontos de referência em seu mapa é bem simples.

Basta fazer login no console da nuvem e em “editor de estilo” navegue até o tipo de recurso Pontos de interesse, selecionando ‘Ilustrado’ em Estilo de marcador.

Building Footprints

A agilidade é algo muito importante quando o assunto é localização e visualização de mapas, quando menor for o esforço cognitivo para interpretar uma informação, melhor.

Em um exemplo prático, mostrar alturas de edifícios em 3D em cidades densas pode complicar a vida do usuário quando ele está navegando.

Por isso, agora é possível selecionar a opção de pegadas de construção, que oferece um equilíbrio e composição diferentes dos edifícios 3D no mapa, apoiando os casos que podem não se beneficiar com a complexidade desse recurso.

As geometrias de preenchimento e traço também podem ser estilizadas de forma independente, oferecendo suporte a vários temas de cores.

Como habilitar – Building Footprints

Para habilitar Building Footprints, você deve fazer o mesmo caminho que Pontos de referência: no console da nuvem, vá em editor de estilo, só que dessa vez navegue até Buildings e escolha ‘Footprints’ em estilo de construção.

-> Para mais informações, você pode acessar a documentação completa Google Maps Platform

Fred Hohagen

CEO & Co fundador - Maplink

Newsletter
Últimos Posts

O que é Gestão de Transportes? Otimize o desempenho da sua empresa

A gestão de transportes logística é a atividade responsável pela movimentação de insumos, materiais e mercadorias de um ponto...

Artigos Relacionados