O que são indicadores de gestão de frotas e para que servem?

Prever um problema antes que ele aconteça, programar a manutenção da frota com um tempo mais rentável. Você sabia que usar indicadores de gestão de frotas pode ajudar a sua empresa a reduzir custos e ter melhor desempenho?

Esses indicadores de gestão de frotas, também chamados de KPIs (Key Performance Indicators), são métricas absolutamente cruciais para obter uma compreensão adequada do desempenho da frota. 

O transporte rodoviário é o maior responsável pelo escoamento da produção brasileira e

responde por aproximadamente 61% do total, conforme estudo

A frota de veículos no Brasil transporta desde cargas simples até safras inteiras para abastecer todo o país. Isso também faz com que o transporte de cargas seja um mercado altamente competitivo. 

Nesse cenário entram a importância da eficiência da gestão de frotas e os indicadores. Os indicadores de gestão de frotas podem ser usados para atingir eficiência e lucratividade ideais, já que permitem analisar com clareza os resultados e tomar decisões da maneira mais eficiente possível. 

Saber quais indicadores de gestão de frota precisam ser monitorados deve ser o primeiro passo para os gestores buscarem insights precisos sobre o que estão conseguindo de sua frota e onde melhorias podem ser feitas.

Alguns dos indicadores de frotas são:

  • Gastos com combustível
  • Manutenção
  • Produtividade
  • Multas

Leia também: Como melhorar a logística de empresa 

Além disso, os indicadores de gestão de frotas também facilitam a comunicação com o time, pois podem ser usados como uma ferramenta para apresentação de metas e soluções, de forma a envolver todos com a missão da empresa, independentemente de nível hierárquico.

Os indicadores de gestão orientam o gestor a:

  • Tomar decisões
  • Avaliar a renovação de frota
  • Organizar compras de material
  • Contratar mão de obra
  • Investir em treinamentos

A escolha dos indicadores de gestão corretos a serem monitorados depende dos objetivos do seu negócio e de saber quais problemas você precisa resolver. Os KPIs são normalmente agrupados em três categorias: segurança, eficiência e conformidade. 

Você também pode se interessar por: Indicadores de desempenho logístico: o que são?

Saiba mais sobre alguns indicadores de gestão de frotas a seguir. 

4 indicadores de gestão de frotas

1) Gastos com combustível

O combustível é uma das principais despesas para empresas que lidam com frota. Melhorar a economia de combustível é uma questão tanto de redução de custos como de impacto ambiental.

As métricas mais importantes a serem analisadas são:

  • Média de quilometragem por litro por veículo
  • Média de quilometragem por litro por condutor
  • Preço médio do combustível
  • Quilometragem não autorizada 

Munidos de um sólido conhecimento baseado nessas métricas, as frotas provavelmente estarão em uma posição muito mais forte para economizar e também reduzir emissões.

2) Manutenção

Um dos indicadores de gestão de frota é o de custo de manutenção preventiva. Ele é indispensável para reduzir o risco de inatividade, que é uma grande ameaça para as frotas e pode causar sérios transtornos e atrasos.

Os veículos dentro da frota devem ser checados regularmente, a fim de reduzir as manutenções que demoram mais tempo para serem concluídas e que geram mais custos e aumentam o tempo de inatividade da frota. 

Esse indicador possibilita que os gestores de frota programem e executem as práticas de manutenção dentro do prazo correto.

Algumas métricas sugeridas são:

  • Rastreamento do número de manutenções não planejadas
  • Custo médio da manutenção por veículo
  • Custo médio da manutenção por motorista

3) Produtividade

Outro indicador de gestão de frotas importante a ser analisado é produtividade. É essencial que os gestores de frota conheçam o grau de produtividade de sua frota e saibam se a capacidade está sendo aproveitada de forma eficaz

Ter essa informação e apresentá-la à equipe permite ter uma visão mais clara do processo e, com isso, obter insights sobre como organizar rotas de entregas. Isso ajuda a liberar menos veículos, por exemplo, gerando economia e tornando o processo mais eficiente.

A produtividade da frota pode ser medida usando várias métricas, como:

  • Tempo médio de conclusão do trabalho
  • Tempo no local
  • Quantidade de carga
  • Capacidade dos veículos
  • Quantidade de viagens realizadas 

Elas visam facilitar a identificação de maneiras de otimizar os negócios e melhorar os padrões de entrega de serviços.

4) Número de multas

Diretamente relacionado à segurança, este indicador de gestão de frota deve analisado não apenas com o intuito de reduzir os gastos, mas também para garantir a segurança do funcionário.

Por isso, o acompanhamento próximo do comportamento do motorista é essencial. É também um indicador importante no que diz respeito aos padrões gerais de segurança rodoviária.

As métricas que podem ser utilizadas são:

  • Número de multas por condutor
  • Valor médio da multa 
  • Tipo de multa 

Com essas métricas é possível avaliar o condutor e prever danos maiores. Também ajuda a identificar a necessidade de oferecer cursos ou atividades para melhor desenvolvimento dos motoristas.

Agora que você já sabe tudo sobre como analisar sua gestão de frota a partir de indicadores, que tal otimizar também o seu serviço de geolocalização?

Desenvolvemos junto com o seu time de desenvolvimento APIs que permitem utilizar a inteligência de geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do sistema da sua empresa com a API do Google Maps. 

Mas como funciona na prática?

  • Permite expedir pedidos de forma automatizada;
  • Possibilita controlar a entrega em tempo real, levando em conta as características da sua empresa;
  • Possibilita a criação de roteiros de visitas para equipes internas que vão a campo;
  • E muitas outras possibilidades!

Se interessou? Acesse nosso site e conheça nossas soluções em Google Maps Platform, ou entre em contato com um de nossos especialistas e saiba como podemos ajudar o seu negócio a chegar no nível de grandes empresas, como BRF, Nestlé, Ambev e mais!

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a conhecerem os indicadores de gestão e frota e a descobrirem o que são as APIs Maplink e Google Maps! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

Tags: No tags

Comments are closed.