sexta-feira, outubro 7, 2022

O que é API de integração e como funciona essa tecnologia

Você já pensou em adicionar um mapa em seu site para ajudar seus clientes a visualizarem a rota até sua empresa?

Ou então, incluir uma opção de rastreamento no seu aplicativo para que seus clientes possam acompanhar a entrega em tempo real?

Esses são exemplos do que é API de integração e o que elas podem fazer pelo seu negócio. 

Além de possibilitarem novas funcionalidades, as APIs de integração também são peças fundamentais para criar fluxos de trabalho automatizados para eliminar trabalhos manuais.

Conheça mais sobre as APIs de integração aqui neste post. Veja o que você vai encontrar aqui:

O que é API de integração?

API é a sigla para Application Programming Interface, que em português quer dizer Interface de Programação de Aplicativos.

A tecnologia API trata-se de um conjunto de aplicações que permitem a construção de uma interface inteligente, configurando um meio para a comunicação entre dois sistemas.

Essa interface é responsável pelas ligações entre os recursos necessários para o bom desempenho de um software.

Em outras palavras, as APIs intermediam a comunicação entre dois sistemas ou plataformas. 

Por exemplo, o trabalho de um intérprete é possibilitar a comunicação entre pessoas que não falam o mesmo idioma, e igualmente, a API possibilita a troca de dados entre sistemas distintos, permitindo sua integração e funcionamento.

Quais os benefícios da integração via API?

Desde a sua criação, as APIs têm facilitado diversas rotinas de trabalho dentro das empresas, proporcionando mais eficiência e ajudando com a escalabilidade dos negócios. E isso tudo tem um motivo.

Conheça alguns dos benefícios proporcionados pela integração via API:

Facilidade para integrar

A facilidade de integração está entre os principais benefícios das APIs, e é graças aos padrões definidos, que facilita o trabalho dos desenvolvedores de integrar em seu código.

Embora seja necessário dedicar um tempo de leitura e entendimento à documentação da API, no geral, é um sistema completamente acessível para integrar a qualquer tecnologia que você utilize. 

Automatização de processos

O trabalho com as APIs também é uma ótima forma de diminuir atividades manuais. A integração ajuda na automatização de  tarefas, o que significa que você gastará menos tempo lidando com tecnologia.

Imagine que você trabalha com transporte e todos os dias precisa criar manualmente as rotas de entrega. Com uma API você pode otimizar o planejamento de rotas da sua frota, economizando tempo e até mesmo recursos. 

Inovação para sua empresa

A inovação é considerada uma característica da era digital e a automação é o caminho para a inovação e o destaque das empresas no mercado.

Ao contar com uma integração via API, você consegue melhorar a operação de diferentes processos na empresa, que aumentam a eficiência do serviços e desenvolvem os negócios mais rapidamente.

Tipos de APIs

Ao todo, existem quatro tipos principais de APIs que podem ser usadas em aplicativos baseados na web:

  • APIs públicas ou abertas
  • APIs privadas ou internas
  • APIs de parceiros
  • APIs compostas

A preferência de escolha por uma API depende diretamente das necessidades específicas de cada tipo de negócio. Ou seja, do uso pretendido.

API pública ou API aberta

Uma API pública é a que pode ser utilizada por qualquer empresa ou desenvolvedor. Ou seja, elas não são de uso exclusivo da empresa que as desenvolveu.

Em relação aos custos, você pode encontrar APIs públicas gratuitas, com planos freemium, ou ainda, que são comercializadas com uma opção de compra com um limite de uso. 

Alguns exemplos de APIs públicas e que podem ser consideradas fundamentais para as empresas:

  • API Google Drive;
  • APIs Google Maps;
  • APIs Google Cloud Storage.

API privada ou API interna

Diferentemente das APIs Públicas, as APIs Privadas são de uso exclusivo das organizações para as quais foram desenvolvidas. Essas interfaces dão acesso a sistemas e dados internos das empresas, por isso, só podem ser acessadas pelos seus próprios desenvolvedores.

As APIs privadas são mais utilizadas em ambientes corporativos e têm como função, por exemplo: 

  • integrar sistemas internos;
  • construir novos sistemas;
  • aumentar a produtividade;
  • integrar diferentes setores;
  • otimizar a comunicação interna;

API de parceiro

As APIs de parceiros são disponíveis apenas para desenvolvedores externos ou consumidores especificamente selecionados e autorizados. Essa é uma forma de facilitar negócios B2B.

Geralmente, esse tipo de API incorpora mecanismos de autenticação, autorização e segurança mais fortes, considerando que os parceiros possuem direitos e licenças para conseguir acessar a API.

Além disso, é muito comum que as empresas não monetizem as APIs de parceiros, pois são pagos pelos seus serviços específicos e não pelo uso da API.

API composta

Como o nome sugere, as APIs compostas combinam duas ou mais APIs, com o objetivo de criar uma sequência de operações relacionadas ou interdependentes.

Essas APIs podem ser benéficas para lidar com comportamentos de API complexos ou fortemente relacionados e, às vezes, podem melhorar a velocidade e o desempenho em relação às APIs individuais.

Protocolos e arquiteturas de API

Cada tipo de API web tem um protocolo específico que fornece regras definidas sobre os tipos de dados e comandos aceitos por aquela tecnologia.

Atualmente, existem três categorias de protocolos, ou arquiteturas, de API:

  • REST
  • SOAP
  • RPC

É possível dizer que cada uma delas representa um “formato”, em que cada uma possui suas características e compensações únicas, empregadas para diferentes propósitos.

API REST

API REST, também chamada de API RESTful, é considerada a abordagem mais utilizada para a construção de APIs e possui uma arquitetura Cliente-Servidor.

O cliente e o servidor se comunicam entre si via HTTP (protocolo de transferência de hipertexto) usando URIs (identificadores de recursos exclusivos), CRUD (criar, ler, atualizar, excluir) e convenções JSON (JavaScript Object Notation).

Ambos, cliente e servidor, devem ser independentes um do outro. Ou seja, as alterações realizadas não devem afetar nenhum dos dois.

Na API REST o cliente deve armazenar em cache as respostas, o que contribui com uma experiência do usuário mais rápida e eficiente.

API SOAP

O protocolo de acesso a objetos simples (SOAP) possui um padrão altamente estruturado, rigidamente controlado e claramente definido. Muito diferente da flexibilidade da API REST.

Devido às suas regras rígidas, a API SOAP é mais utilizada quando uma empresa requer uma segurança rígida com troca de dados mais complexa. Assim, os desenvolvedores frequentemente usam SOAP para APIs internas ou de parceiros.

RPC

RPC é um protocolo de chamada procedural remota, que permite a execução remota de uma função em um contexto externo ao seu, ou seja, permite que o cliente execute o código em um servidor.

O protocolo RPC pode empregar duas linguagens: JSON e XML. Para codificação, essas APIs são chamadas de JSON-RPC e XML-RPC, respectivamente.

Por que sua empresa deve investir em integração via API?

O uso de APIs traz uma série de vantagens para as empresas, como a possibilidade de adicionar diferentes funções a sites e aplicativos, possibilitando a criação de novos serviços e até a melhora dos já existentes.

Hoje, existe praticamente API para todo o tipo de solução, voltada para as mais diversas funções, como:

  • Emissão de Notas Fiscais
  • Personalização de lojas online
  • Recomendação de produtos
  • Automação de marketing
  • Logística

Além disso, ao integrar diferentes sistemas, essas ferramentas garantem um grau muito maior de eficiência, pois automatizam atividades burocráticas que levariam muito mais tempo para serem executadas manualmente.

Ao invés de desenvolver um sistema próprio do zero, muitas empresas optam por APIs de terceiros. 

Essa alternativa é a mais simples, produtiva e econômica, uma vez que reduz consideravelmente o trabalho e ainda possibilita focar os recursos em atividades mais estratégicas.

Paulo Rosa

Gerente de Produtos e Geotecnologias na Maplink

Newsletter
Últimos Posts

Next Day Delivery: Como funciona? Vantagens da entrega expressa

Ao contrário do same-day delivery, com entrega expressa no mesmo dia, o next day delivery trabalha com a ideia...

Artigos Relacionados