quarta-feira, outubro 20, 2021

Gestão de frete: 5 dicas para aumentar eficiência e diminuir os custos de transporte

A gestão de frete é uma das melhores estratégias para contornar alguns dos custos mais onerosos para a logística.

Sabemos que o sistema de entrega no Brasil é um dos mais caros do mundo. Afinal, além da nossa dependência em relação ao modal rodoviário (65%), ainda precisamos enfrentar estruturas deficitárias, burocracias, altos riscos, furtos e inúmeras perdas.

Esse conjunto de fatores, naturalmente, aumenta os custos que envolvem toda a logística. Você talvez esteja pensando:

Então, não é possível diminuir estes gastos, afinal, grande parte da responsabilidade por eles é dos governos federal, estadual e municipal, certo?

Sim e não. De fato, o investimento em infraestrutura, tecnologia, desenvolvimento e segurança é um dever do estado. Mas a sua empresa pode incluir algumas estratégias para tomar frente em soluções de alguns dos principais problemas. Como, por exemplo, realizar uma gestão de frete mais eficiente e assertiva.

Não sabe sobre o que se trata esse gerenciamento ou ainda não descobriu como realizá-lo com excelência? Então, vamos entender o que é gestão de frete e 5 estratégias infalíveis para realizá-la.

O que é gestão de frete?

gestão de frete

Gestão de frete é o conjunto de estratégias e práticas para administrar custos, níveis de qualidade, fornecedores e demais itens relacionados ao transporte. Incluímos aqui todo o processo de contato com parceiros, carregamento, carga em trânsito, entrega ao cliente final e retorno.

O principal objetivo é garantir que todos os processos estejam de acordo com as metas estabelecidas no planejamento da empresa. E, claro, trabalhem de forma a reduzir custos, aumentar a eficiência e possibilitar decisões mais assertivas, baseadas em dados, indicadores e informações práticas.

Por que implantar uma gestão de frete na sua empresa?

Nas últimas décadas, houve um boom do delivery, de entregas expressas e do transporte de produtos do cotidiano, como roupas, calçados, acessórios, comida. Isso aconteceu pelo crescimento exponencial do comércio eletrônico e pela mudança no comportamento de compra do cliente digital.

Com o crescimento de empresas operando de forma online, e entregando suas mercadorias ao cliente final, houve um aumento considerável no nível de competitividade. Se antes uma loja de tênis do sul do país precisava competir com outras empresas do bairro, ou no máximo da cidade. Hoje, essa mesma marca precisa enfrentar competidores nacionais e até mesmo internacionais.

As consequências naturais foram: aplicação de preços mais competitivos, exigência por níveis  de serviços cada vez mais altos e prazos de entrega cada vez menores. O grande dilema é: como conseguir esse combo dos sonhos?

Afinal, como falamos, o país tem uma das logísticas mais onerosas no mundo. Como uma empresa conseguiria oferecer fretes competitivos sem impactar negativamente no nível do serviço oferecido?

Resposta? Com a compreensão dos custos reais de transporte e logística, monitoramento, ferramentas de controle e tomada de decisão pautada nas necessidades do cliente e na realidade da empresa. Como você já deve ter notado, isso só é possível com a gestão de fretes, mesmo que a sua empresa opte por terceirizar essa etapa.

Resumindo, ao estabelecer uma gestão de frete eficiente e automatizada, a sua empresa consegue:

  • Melhorar a visibilidade de custos;
  • Identificar gargalos rapidamente, como estratégias ineficientes, riscos, perdas e falhas;
  • Tomar decisões mais assertivas, inclusive se é mais interessante para o negócio terceirizar o frete, ou investir em uma frota própria;
  • Aumentar e melhorar a solução de problemas;
  • Diminuir custos;
  • Oferecer valores e prazos muito mais competitivos e
  • Aumentar a vantagem competitiva frente a seus concorrentes.

Além, é claro, de melhorar a experiência do cliente final!

5 estratégias para fazer uma gestão de frete de excelência

A gestão de frete não é exatamente uma tarefa simples, muito pelo contrário, ela pode ser extremamente complexa. Afinal, existem muitas etapas e pessoas envolvidas no processo de transporte de uma mercadoria. Exatamente por isso que muitas empresas optam por terceirizar o frete.

Mas é importante salientarmos que, mesmo nestes casos, a sua empresa precisa ter responsabilidade e participação direta no gerenciamento.

Para diminuir as chances de erros e ineficiências na sua gestão de frete, separamos 5 dicas de ouro para torná-la muito mais eficiente. Veja só:

1 – Planejamento estratégico

Antes de qualquer passo para ter uma gestão de frete de excelência, a sua empresa precisa desenvolver um planejamento extremamente estratégico. Não apenas como algo hipotético ou com expectativas sem embasamento real.

É fundamental, portanto, estabelecer itens fundamentais para gestão baseados em uma pesquisa aprofundada sobre tendências, oportunidades, fraquezas e potencial da empresa. O planejamento estratégico pode alterar dependendo do nicho do negócio, mas alguns dos itens essenciais são:

  • Objetivos;
  • Metas;
  • Ferramentas;
  • Estratégias e
  • Métodos utilizados no gerenciamento.

2 – Monitoramento e análise de indicadores

Existe um item essencial em qualquer tipo de gerenciamento que é a análise de indicadores. Resumidamente, indicador é o responsável por quantificar a performance da empresa, de um setor, ou de uma função específica.

No caso da gestão de fretes, precisamos levantar, analisar e monitorar indicadores relacionados aos custos, tempo, eficiência, capacidade, qualidade e níveis de serviços. Tais como:

  • Custos totais;
  • Custos operacionais;
  • Receita gerada pelo transporte;
  • Índice de entrega com avarias;
  • Atrasos;
  • Entregas dentro do prazo;
  • Capacidade da frota;
  • Espaço ocioso no carregamento;
  • Veículos parados para manutenção e tempo;
  • Perdas;
  • Entre outros.

Um lembrete: não basta levantar esses indicadores, a sua empresa precisa fazer a análise adequada dos resultados e ajustar as estratégias de gestão de frete, caso as metas não estejam abaixo do esperado.

3 – Regularidade

A regularidade é, talvez, um dos fatores mais importantes para garantir a eficiência na gestão de frete. Afinal, antes de termos excelência precisamos ter consistência.

É através da regularidade que a sua empresa vai conseguir definir novos padrões de qualidade. Criando, assim, uma cultura de melhoria contínua, sanando gargalos e identificando pontos fortes e fracos da empresa.

4 –  Roteirização

Falamos anteriormente que um dos principais objetivos da gestão de frete é otimizar recursos, diminuindo os custos envolvidos no transporte com monitoramento e estratégias de otimização, certo?

Para auxiliar neste projeto a sua empresa precisa investir em tecnologia, principalmente ligadas à roteirização. Ao desenvolver rotas mais inteligentes a sua empresa pode diminuir os riscos envolvidos no transporte, custos e ainda controlar tempo de paradas.

Você deve ter notado que essa estratégia impacta diretamente em muitos indicadores que citamos acima. O que, naturalmente, facilita e otimiza a gestão de frete.

5 – Invista em ferramentas robustas e personalizadas!

Algumas empresas optam por investir em um sistema de gestão de transportes (TMS- Transportation Management System), que usa de Business Intelligence, geolocalização e  Big Data Analytics para cruzar dados relevantes para o transporte.

A nossa sugestão é que você invista em ferramentas abrangentes e que possam ser personalizadas de acordo com a necessidade do seu negócio. Além, é claro, de acompanhar, com o passar do tempo, as evoluções da sua empresa.

É exatamente isso que a Maplink fornece, além de uma solução de roteirização, tão fundamental para gestão de frete, ainda oferecemos um conjunto de API’s incríveis para te ajudar a capturar dados valiosos para o transporte, diminuir custos e automatizar diversas funções.

Conheça algumas destas soluções:

  • Trip API

Trip API é o roteirizador Maplink que realiza o cálculo do melhor caminho, considerando todas as variáveis de transporte, como veículo, histórico de trânsito, geometria da rota e muito mais.

E, o principal diferencial é que independentemente de quantas paradas exista no trajeto, o roteirizador Maplink consegue determinar qual o melhor sequenciamento de entrega entre localizações.

  • Planning API

O Planning API é a ferramenta perfeita para potencializar o roteirizador Maplink, afinal, trata-se do serviço de montagem de carga, otimização e sequenciamento de N (pedidos) para N (veículos).

Isso, é claro, considerando os diferentes tipos de veículos em suas coletas e entregas, e demais restrições de trabalho, capacidade do veículo, legislação.

  • Toll API

Para a escolha da melhor rota precisamos ter informações de custos, certo? Afinal, um dos objetivos do roteirizador Maplink é exatamente esse! O Toll API é a ferramenta correta para precisar os custos de transporte, sem surpresas.

Afinal, ela inclui os valores de pedágio nos cálculos da operação e facilita esse pagamento, para garantir previsões e controle de custos efetivos.

Mais algumas ferramentas das API’s e roteirizador Maplink

  • Map Display: Renderização e visualização do mapa com suas rotas, pedágios e locais importados;
  • Distance Matrix: resultado do cálculo da distância (KM) e tempo entre uma matriz de diversas origens para diversos destinos;
  • Place in Route and Nearby: Identificação, gestão e busca de locais próximos. Como balanças, postos de combustível, etc;
  • Restriction Zone: gestão e criação de áreas de restrição, para desvio de rotas;
  • Geocoding e Reverse Geocoding: converte os endereços e CEPs em latitude e longitude e vice e versa;
  • Geocoder AutoComplete: sugere a localização no momento que o usuário está digitando, baseado em históricos e relevância.

Algumas destas ferramentas podem ser utilizadas em conjunto, de forma completamente integrada, ou individualmente. Dependendo, é claro, das necessidades da sua empresa. Curioso para entender como conseguimos desenvolver tantas soluções incríveis para te ajudar a implantar uma gestão de fretes muito mais eficiente?

Então, conheça melhor a Maplink logo abaixo!

Maplink

A Maplink, junto com o seu time de TI ou desenvolvimento, oferece uma plataforma de APIs que integram com os sistemas da sua empresa, usando a tecnologia para otimizar as operações, garantindo informações estratégicas e a redução de custos logísticos.

Somos a maior empresa de tecnologia de geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área!

Desenvolvemos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Integração e implementação de APIs para otimização de processos operacionais;
  • Nossas APIs integram facilmente com qualquer tecnologia ou sistema (TMS, CRM, WMS e outros). Além disso, o seu time terá acesso a uma documentação completa e a um time de especialistas dedicado, garantindo uma implementação rápida.;
  • Otimização de rotas de entrega;
  • Entre outras inúmeras funcionalidades.
  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Raízen, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

spot_img
Newsletter
Últimos Posts

Google Maps Plataform: Novo recurso de estilização de mapas

Neste mês, o Google anunciou um novo recurso de estilização de mapas, que permite melhorar a experiência para os...

Artigos Relacionados