Preço do API do Google Maps: quanto custa? Como contratar?

Se você quer desenvolver um aplicativo com geolocalização ou qualquer outra aplicação que envolva mapas, deve considerar os Google APIs. Para isso, saber o preço dos APIs do Google Maps é fundamental, até mesmo para você ter uma noção de quanto irá gastar. Mas porque precisam ser os APIs do Google?

A maior e mais popular plataforma de mapas da atualidade, a plataforma Google Maps, tem cobertura em 99% do mundo, o que compreende mais de 200 países e territórios. Com 25 milhões de atualizações diárias, elas certamente estão dentre as melhores opções do mercado .

Mas qual é o preço de um API do Google Maps? Como funciona a cobrança? Como faço para contratar? Essas e outras perguntas serão respondidas neste artigo. Confira!

Qual é o preço dos APIs do Google Maps?

O preço do API do Google Maps varia de acordo com sua utilização, ou seja, tudo depende do número de chamadas realizadas. Para ficar mais claro, imagine que você está fazendo uma busca por determinado endereço, cada vez que você pesquisa, o API é acionado, o que configura uma chamada.

A plataforma Google Maps disponibiliza US$200 mensais para seus usuários, o que significa que você só começa a pagar quando esses créditos acabam.

Cada API possui um custo diferente, e dentre os APIs que compõe o Google Maps estão: API Maps Embed, API Maps Static, API Street View, URLs do Maps, API Maps JavaScript, SDK do Maps para iOS e SDK do Maps para Android.

Mas como funciona a cobrança dos APIs do Google Maps?

Agora vamos entender melhor como é definido o preço do API do Google Maps.

Ao ultrapassar o crédito de US$200 disponibilizado mensalmente pelo Google, você passa a ser cobrado de acordo com a tabela de preços abaixo:

Esses custos têm como base um consumo mensal. Como você pode ver na tabela, os valores são referentes a um grupo de mil chamadas, no entanto, a cobrança é realizada por chamada, e não apenas quando você atinge a marca de mil.

Para estimar o valor da sua fatura mensal, você pode utilizar a calculadora de preços do Google.

Como contratar o serviço de API do Google Maps?

Para obter uma chave de API do Google Maps há dois caminhos:

1 – Você pode obtê-la por meio da própria Google Maps Platform, solicitando seu API de acordo com os passos do nosso Guia rápido: como obter uma Chave de API do Google Maps?

2 – Por meio de um distribuidor autorizado, como é o caso da Maplink, maior revendedora oficial de Google Maps API da América Latina, com uma parceria de mais de 14 anos com a Google.

Dessa forma, você conta com um suporte de uma empresa especializada no assunto, disponível para esclarecer qualquer dúvida que você venha a ter, o que certamente facilita muito o processo.

Entre em contato com nosso time de especialista e tire todas a suas dúvidas!

E aí? Ficou claro quais são os preços dos APIs do Google Maps e como contratar o serviço?

Saber o preço da API do Google Maps é muito importante, afinal, antes de contratar qualquer tipo de serviço, é sempre bom ter uma noção do seu custo, a fim de evitar surpresas ao abrir a fatura, não é mesmo?

A boa notícia é que para muitas empresas, os US$200 em créditos que a própria Plataforma disponibiliza já darão conta do recado. Já para empresas que possuem uma operação mais robusta, que requer um maior número de chamadas, contar com o suporte de uma empresa especializada faz toda a diferença.

A Maplink, maior empresa de tecnologia em geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área, fornece o apoio para otimizar as operações de sua empresa, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Em parceria com sua equipe de TI, integramos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a comunicação entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a saberem o preço do API do Google Maps! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

Comments are closed.