calcular-custo-pedagio-caminhao

Como calcular custo pedágio de caminhão?

Uma das necessidades de quem controla frota de caminhões é saber calcular o custo do pedágio de caminhão. Se você trabalha com esse tipo de gestão de frotas e quer dicas para ajudar seu dia a dia, continue lendo o post.

O pedágio é uma cobrança feita aos usuários de uma via pública com o intuito de custear despesas como:

  • construção;
  • conservação;
  • serviços complementares para quem a utiliza.

Hoje em dia no Brasil existem 20 trechos sob concessão e cada um deles tem uma quantidade variada de praças — os locais de cobrança das tarifas.

Dessa forma, durante uma viagem é bem possível que vá passar por algum desses. A quantidade pode variar por região, em alguns trechos existem mais praças e em outros menos.

De acordo com um cálculo feito levando em consideração as tarifas brasileiras, descobriu-se que a média cobrada no pedágio é de R$ 9,04/100km, levando em conta pedágios estaduais e federais.

Por isso, saber calcular o custo do pedágio de caminhão de forma correta ajuda na gestão e também é uma maneira de reduzir custos de transporte. Confira como fazer neste post.

Quais variáveis para calcular custo de pedágio de caminhão?

1 – Tamanho do caminhão

O tamanho do caminhão influencia diretamente para se calcular o custo do pedágio de caminhão. Isso porque o valor final será o resultado da multiplicação dos eixos.

Dessa forma, antes de saber quanto custa pedágio de caminhões, é necessário conhecer o tamanho e a quantidade de eixos que ele tem, para depois saber o valor final, como:

  • Veículos de dois eixos (caminhões leves e caminhão trator de dois eixos): multiplica a tarifa por 2;
  • Veículos de três eixos (caminhão trator e caminhão trator com semirreboque): multiplica a tarifa por 3;
  • Veículos de 4 eixos (caminhões com reboque e caminhões trator com semirreboque): multiplica a tarifa por 4.

Por exemplo, um trecho cuja tarifa de base custa R$1,20, se um veículo possui 4 eixos esse valor deverá ser multiplicado por 4 para cada praça por onde o motorista passar. Dessa forma, o pedágio é aplicado conforme o tamanho do caminhão — quanto maior ele for mais caro fica.

2 – Dias da semana e horários

Alguns pedágios são autorizados por lei a alterarem seus valores conforme horário ou dia da semana. Isso porque em determinados períodos a concentração de veículos é muito maior do que em outros.

Esse tipo de mudança na cobrança acontece principalmente em regiões turísticas e de veraneio. Um exemplo é a praça de pedágio da Rodovia Lagos no Rio de Janeiro que possui tarifa diferenciada para os finais de semana, começando na sexta-feira e terminando na segunda ao meio dia, conforme a imagem abaixo:

Por isso, ao calcular o custo de pedágio de caminhão é importante se atentar também a esse detalhe.

3 – Reajustes de preços

Outro ponto importante para saber quanto custa pedágio de caminhões é ficar atento aos reajustes de preços. Os reajustes das tarifas vão variar conforme o contrato e ele tem como objetivo principal manter o equilíbrio econômico-financeiro.

Contudo, eles podem e são feitos com regularidade. Por isso, uma boa dica é ficar atento se a tarifa por onde for passar está atualizada. Pois, os pedágios brasileiros aceitam apenas dinheiro, ninguém quer ser pego de surpresa sem dinheiro, não é mesmo?

Como controlar o custo do pedágio de caminhão?

Um ponto negativo dos pedágios é justamente o fato de apenas aceitar dinheiro. Muitos motoristas vão precisar pagar muito em cada praça e não é legal ficar andando com muito dinheiro vivo.

Para isso, uma boa dica é usar tags de cobrança automática, como o Sem Parar. Além de ter maior controle sobre os gastos de custos de pedágio de caminhão, também é mais segurança para o motorista.

A tecnologia ajuda?

Saber todas as variáveis para calcular o custo do pedágio de caminhão é importante para saber qual é o custo de transporte. Saber quanto custa pedágio de caminhões na ponta do lápis também te favorece quando surgir alguma dúvida.

Contudo, já existem hoje sites que fazem o cálculo automático para os gestores e motoristas. Neles basta você incluir seu trajeto e o tamanho do cartão que o cálculo do custo do pedágio é feito automaticamente.

Alguns desses aplicativos são:

  • Mapeia
  • Rotas Brasil
  • Qualp

Além desse tipo de tecnologia, você também pode contar com vários outros para ajudar a eliminar trabalhos manuais. Para isso, conte com a Maplink, a maior empresa de tecnologia em logística da América Latina para te mostrar como reduzir custos de transporte e atender seus processos logísticos.

A Maplink desenvolve soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas como funciona na prática?

  • Permite que o usuário faça compras online e retire em loja física, ou vice-versa
  • Permite expedir pedidos de forma automatizada
  • Possibilita controlar a entrega em tempo real, levando em conta as características da sua empresa
  • Possibilita a criação de roteiros de visitas para equipes internas que vão a campo
  • E muitas outras possibilidades

Faça como grandes empresas que possuem operações logísticas de qualidade, e que são referência mundial como: BRF, Nestlé, Piracanjuba, Velocity, Habib’s, JBS, Máxima Sistemas.

Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a descobrirem como calcular custo de pedágio de caminhão! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

Tags: No tags

Comments are closed.