quinta-feira, setembro 2, 2021

6 passos para aprender como fazer rotas no Google Maps

Aprenda o passo a passo de como fazer rotas no Google Maps e otimize seus percursos!

Desenhar rotas no Google Maps é uma tarefa simples e extremamente útil, em especial com quem trabalha com logística e transportes.

Afinal, estamos falando de um setor no qual a otimização de tempo e gastos faz toda a diferença na hora dos investimentos, resultados e nos próprios riscos envolvidos.

Além disso, o Google é uma gigante internacional, com uma estrutura online confiável e segura. A sua ferramenta de mapas auxilia na roteirização entre destinos ou na escolha da melhor rota entre vários pontos e paradas.

A infraestrutura do Google Map rotas conta com:

  • 40 milhões de quilômetros de estradas roteirizadas;
  • 25 milhões de atualizações por dia com informações em tempo real;
  • 1 bilhão de usuários ativos por mês.

Não restam dúvidas de que é uma plataforma que pode ajudar você a encontrar melhor trajeto e traçar rotas de ponto a ponto até seu destino final com informações confiáveis.

Embora muitas pessoas também procuram como fazer rotas de entrega no Waze, o Google oferece vantagens de integração de roteiros e navegação aprimorada, em especial para casos de logística. Enquanto isso, o Waze depende bastante das informações atualizadas por outros usuários.

Continue a leitura e veja a seguir o passo a passo de como fazer rotas no Google Maps!

Como fazer rotas no Google Maps?

O Google Maps está disponível para o acesso tanto pelo navegador no computador quanto por meio de aplicativos para Android ou IOS. Há ainda também a API Google Maps com soluções ainda mais completas sobre como fazer rotas no Google Maps eficientes.

No passo a passo abaixo, vamos usar como exemplo e traçar rotas ponto a ponto usando um navegador mesmo. Mas a sua utilização em aplicativos também é bem simples e segue as mesmas etapas.

1. Abra o Google Maps

O primeiro passo é abrir o seu navegador e pesquisar por Google Maps dentro do próprio buscador. Se preferir, clique aqui para acessá-lo de forma mais prática.

Você já verá uma imagem parecida como a de baixo, mas provavelmente estará em uma região próxima de onde você se encontra no momento.

fazer rotas no google maps

Dica: se certifique de que esteja logado em sua conta, desta forma você pode fazer rotas no Google Maps e salvar para caso deseje utilizá-las novamente.

2. Defina o ponto de partida

Na caixa de busca no topo do navegador, você pode inserir o primeiro ponto, a partida da sua rota. No exemplo deste artigo, usaremos o Instituto Butantan como ilustração para o início de nossa roteirização.

como traçar rotas no google maps

Vale mencionar que, caso o seu navegador ou aplicativo esteja com permissão para ver a sua localização, o próprio Google preencherá um dos campos automaticamente.

No entanto, você pode alterá-lo manualmente para escolher de onde exatamente você quer desenhar a rota do Google Maps. Por exemplo, altere o ponto de partida para o local do seu centro de distribuição, armazém, galpão, entre outros.

3. Escolha o destino final

O próximo passo é definir qual o destino que você deseja chegar. Mais uma vez, usaremos outro exemplo para traçar a rota ponto a ponto no Google Maps: a UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas).

desenhar rota google maps

Você verá o seu roteiro criado como na imagem abaixo e poderá ainda escolher qual o trajeto mais rápido conforme detalhes, como trânsito, estradas privadas e de uso restrito ou informações sobre pedágios.

Clique em “opções” para selecionar alguns extras, como evitar pedágios ou rodovias.

trajeto google maps

4. Defina o meio de transporte

Por padrão e dependendo da distância, o Google Maps geralmente mostra a melhor rota de carro do ponto de partida ao destino final.

Porém, você também pode alterar os meios de locomoção. As opções disponíveis são:

  • Carro;
  • Transportes públicos;
  • A pé;
  • Bicicleta;
  • Avião (quando disponível)

Os ícones ficam logo acima dos endereços já definidos e o cálculo é feito de forma automática após a sua escolha.

5. Adicione outros pontos na rota

Este passo é opcional para quem precisa fazer e escolher a melhor rota entre vários pontos e endereços no Google Maps.

É possível criar rotas com até 25 pontos de paradas. Para isso, basta  clicar no ícone “adicionar destino”, logo abaixo da primeira parada.

A ferramenta também permite reorganizar a ordem de cada parada de acordo com suas necessidades. Porém, é uma tarefa que cabe ao planejador responsável por uma gestão de rotas eficiente.

melhor rota entre vários pontos google maps

6. Selecione a rota desejada

Por fim, dependendo do trajeto, você verá uma ou mais opções de rotas criadas no Google Maps.

Escolha a alternativa que mais se adeque a seu planejamento, sempre levando em consideração o tempo do trajeto, quantidade de pedágios e possíveis restrições.

Você verá o percurso completo com todas as orientações para chegar ao destino final.

como fazer rota no google maps

Com a plataforma, também é possível aprender como criar roteiros no Google Maps e salvá-los em sua conta. Para isso, acesse a ferramenta e siga para “Seus lugares”. Clique em Mapas e depois em criar mapa.

Nomeie o seu mapa para poder salvá-lo na nuvem e ter acesso de qualquer lugar ou em qualquer momento. Também é possível compartilhá-lo com outras contas do Google!

Mesmo com tantas facilidades e vantagens, um dos gargalos de fazer rotas no Google Maps é a impossibilidade de saber os custos com pedágios no trajeto criado.

Por isso, se busca otimizar a roteirização do seus percursos no Google Maps levando em conta os gastos com pedágios, você precisa conhecer a API Toll for Maps da Maplink.

Conheça a exclusiva API Toll for Maps da Maplink

A Toll for Maps da Maplink é uma API que pode ser conectada ao Google Maps Platform para contribuir no controle e previsibilidade dos gastos com pedágios de uma operação logística, uma vez que a plataforma  não oferece esta opção.

A API Toll for Maps calcula automaticamente todas as paradas e custos associados aos pedágios presentes em uma rota pré-definida e, ao mesmo tempo, facilita os pagamentos.

Com a Toll for Maps é possível, por exemplo identificar:

  • Nome do pedágio;
  • Endereço do pedágio;
  • Concessionária responsável pelo pedágio;
  • Coordenadas Latitude/Longitude do pedágio;
  • Valor por cada pedágio;
  • Valor acumulado por trechos e para a rota completa;
  • Identificação Via Fácil – Sem Parar, capaz de integrar com sistemas de pagamento vale-pedágio;
  • Identificação ANTT – Código de identificação da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Desta forma, você otimiza ainda mais o planejamento das melhores rotas entre pontos da sua operação logística, permitindo reduzir os custos de transportes e também facilitar o pagamento dos pedágios.

A Maplink pode ajudar você a fazer rotas no Google Maps

A Maplink, junto com o seu time de TI ou desenvolvimento, oferece uma plataforma de APIs que integram com os sistemas da sua empresa, usando a tecnologia para otimizar as operações, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Somos a maior empresa de tecnologia de geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área!

Desenvolvemos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps.

Aliás, com API Toll for Maps já citada, é possível conectá-la ao Google Maps Platform para contribuir no controle e previsibilidade dos gastos com pedágios de uma operação logística, uma vez que a plataforma por si só não oferece esta opção

Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Redução dos custos de transportes, pois a roteirização e gestão de pedágios serve para garantir previsões e controle de custos efetivos dos transportes a fim de definir o melhor planejamento;
  • API pronta para usar, com a integração com a Directions API do Google de forma nativa, funcionando como uma simples extensão;
  • Informações de pedágios atualizadas, assim você pode evitar “surpresas” de última hora;
  • Facilidade para o pagamento, já que você também pode pagar as taxas de pedágios de forma fácil e prática;
  • Rotas alternativas, permitindo que você encontre outras opções pela Directions API e saiba o percurso de menor custo de pedágio;
  • Simulação com diversos tipos de veículos, capaz de otimizar a gestão de sua frota, planejar o veículo adequado para o frete, calcular os gastos com cada opção e tomar decisões mais rápidas e assertivas;
  • Abrangência em todo o Brasil, aliada aos 99% de cobertura no mundo todo do Google Maps, o API Toll for Maps cobre todo o território nacional para que suas rotas possam ser totalmente otimizadas;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Sem Parar, Mercado Livre, JSL, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Leia mais:

Newsletter
Últimos Posts

Novo recurso para o cálculo de pedágio proporcional de acordo com a nova lei!

O sistema de livre passagem, também conhecido como "Free Flow" ao redor do mundo, chegou ao Brasil e está...

Artigos Relacionados

- Advertisement -spot_img