como calcular lead time

Lead time de entrega: definição, dicas e cálculo

Seus clientes têm reclamado da demora em receber o produto e você simplesmente não sabe o que fazer? O seu problema pode estar no lead time de entrega.

Não sabe muito bem o que isso significa? Sem problemas, a gente te ajuda nessa!

O consumidor 3.0 está acostumado a receber centenas de ofertas de produtos muito semelhantes aos seus, vindos de todas as partes do Brasil (ou do mundo). A oferta é tão grande que ele passou a ser muito mais exigente do que há alguns anos.

O primeiro reflexo desse movimento foi a melhora contínua na qualidade dos produtos. Mas, e depois que tantas empresas se equipararam neste sentido? O que elas fizeram para chamar a atenção do consumidor e cativá-lo?

Melhorar os serviços!

A experiência de compra, hoje, vai muito além do produto em si. O cliente avalia a forma como é tratado, agilidade no atendimento, preocupação da empresa em solucionar reclamações e entrega mais eficiente.

Uma das formas mais inovadoras de competir no grande mercado é otimizar a sua entrega. Algumas das maiores empresas têm conseguido realizar same day delivery. Ou seja, o cliente compra no e-commerce antes de determinado horário e recebe a mercadoria no mesmo dia.

Mas como isso é possível? Aliás, é tangível apenas para grandes empresas?

Vamos analisar neste artigo o que é lead time de entrega, como calculá-lo e algumas dicas para otimizar o seu processo de entregas. Preparado?

Então, vamos lá!

O que é lead time

tipos para calcular lead time

Falamos recentemente sobre o que é lead time, a importância de utilizar este indicador de desempenho logístico e mais algumas informações cruciais para otimizar a logística da sua empresa. Mas, de maneira resumida, o lead time, em tradução livre, significa tempo de espera.

Ou seja, trata-se do intervalo de tempo que o cliente precisa aguardar entre o momento do pedido e o recebimento do produto. Alguns especialistas também denominam este intervalo de tempo de aprisionamento, ou ciclo de produção.

Ele pode variar conforme o nicho que a sua empresa está, nível de complexidade de produção e personalização. Algumas empresas com maior valor agregado, alta personalização dos produtos e serviços costumam apresentar lead time de entrega e de produção maiores.

Isso não quer dizer que haja ineficiência. Fique bem atento, portanto, ao avaliar o lead time da sua empresa. O ideal é traçar parâmetros de comparação baseados nas metas do seu planejamento estratégico. E, claro, o lead time padrão de empresas do seu setor.

Nestas comparações, quanto menor o lead time, melhor. Principalmente o lead time de entrega!

Lead time de entrega? Sim! Nós podemos subdividir o lead time logístico para identificar mais facilmente onde estão os gargalos do seu ciclo de produção.

Tipos

tipos de lead time

O setor de logística tem, hoje, funções extremamente robustas e complexas. Para facilitar a análise, portanto, podemos fazer um cálculo do lead time de todo o processo, tal qual a definição, ou analisar etapas de maneira separada.

Por isso, consideramos que o lead time de logística pode ser subdividido da seguinte forma:

  • Lead time de compras

O lead time de compras é o tempo decorrido entre o pedido de compra dos insumos, emissão do pedido e disposição do material no local de uso. Ou seja, ele começa a contar a partir do momento em que você fecha a compra com o seu fornecedor e termina quando o produto está no local de uso cotidiano, após a entrega e armazenagem.

  • Lead time de produção

O lead time de produção é o intervalo de tempo que os insumos entram em produção até o estado final do produto pronto para uso. Independentemente de quantas etapas ele precisa para ser produzido.

  • Lead time de entrega

lead time tipo entrega

Lead time de entrega é o período que o produto pronto demora para chegar até o cliente final. Isso inclui:

  • O transporte da mercadoria até o veículo;
  • Carregamento;
  • Rota completa (com paradas, abastecimento e reabastecimento);
  • Entregar, descarregar e, caso incluído, montagem do produto.

Grande parte dos clientes deixam de comprar com uma empresa quando percebem o alto valor de frete, ou prazo acima do oferecido pelo concorrente. Isso quer dizer que o lead time de entrega é tão importante internamente, quanto externamente.

Não deixe de ler: Como montar uma empresa de entrega rápida?

E, antes de aprender a calcular o lead time de entrega, você precisa saber quais os fatores que impactam diretamente nesta conta. São eles:

  • Fornecedor;
  • Burocracia (principalmente em transações internacionais);
  • Frota;
  • Rota e
  • Colaboradores.

Fornecedores confiáveis vão garantir os prazos e níveis de serviço estipulados no SLA de entrega. A escolha correta da frota, seja ela própria ou terceirizada, podem otimizar o transporte, ou gerar um gargalo no lead time de entrega. Assim como o planejamento de rotas de entrega.

E, por fim, os colaboradores envolvidos no percurso precisam ser capacitados e treinados para cumprir com os prazos esperados.

Como calcular lead time de entrega

como fazer o cálculo de lead time

Partindo para a prática, a melhor forma de calcular o lead time de entrega é subdividir as etapas que citamos anteriormente. Desta forma você consegue visualizar mais claramente quais pontos estão ineficientes e, desta forma, construir estratégias pontuais e efetivas.

O primeiro passo para calcular o lead time de entrega é determinar os ciclos anteriores. Como?

1 – Faça a listagem completa de todos os insumos necessários;

2 – Estabeleça o tempo médio de aquisição;

3 – Tenha um inventário atualizado;

4 – Determine o prazo máximo de produção;

5 – Calcule o prazo de entrega mais seguro.

Vamos a um exemplo prático?

exemplos práticos lead time

A sua empresa produz acessórios femininos em prata 925. O tempo para que o seu fornecedor argentino de prata envie a mercadoria é de 5 dias úteis. A listagem e o inventário acrescentam mais 1 dia no seu lead time de entrega.

O lead time de produção varia de acordo com a complexidade da peça, vamos supor que estamos falando de brincos pequenos. Os artesãos precisam de 1 dia para confeccionar e embalar as peças. A mercadoria pode ser carregada no mesmo dia, sem alteração no tempo de entrega.

O prazo que a sua transportadora estabelece para os estados do Sudeste, Centro e Nordeste é de 5 dias. Portanto, o lead time total é de aproximadamente 12 dias úteis. Já o lead time de entrega é de 5.

Ainda ficou confuso como calcular o lead time de entrega? Então, vamos a outro exemplo um pouco mais complexo.

Imagine uma empresa que fabrica móveis planejados, com frota própria e dois galpões de estoque. O lead time de compra e produção são de 5 dias úteis. O carregamento do produto leva 1 dia útil, o transporte, considerando o controle da jornada de trabalho do motorista e paradas é de 5 dias úteis.

E, por fim, mais 1 dia de montagem. O lead time de entrega, portanto, é de 7 dias úteis.

Como otimizar o lead time de entrega?

Agora que você já sabe o que é lead de entrega e como fazer o cálculo, que tal descobrir como melhorar esse indicador? A melhor dica para otimizar o lead time de entrega é ter ferramentas de logística que automatizem o gerenciamento, acompanhamento e organização de entregas. Como a Maplink!

A Maplink é um dos maiores softwares de inteligência em logística América Latina. Utilizado por empresas como BRF, Nestlé, Ambev e mais 3 mil clientes no mundo todo.

Nele você consegue ter acesso a funções para:

  • Organizar rotas de entregas;
  • Integrar e implementar APIs para otimização de processos logísticos e gerais;
  • Calcular custos de combustível;
  • Fazer o armazenamento na nuvem;
  • Etc.

Para quem procura soluções mais robustas, nós da Maplink desenvolvemos ações sob medida para as suas necessidades.

Fale com um de nossos especialistas e conheça as melhores soluções!

Tags: No tags

Comments are closed.