terça-feira, dezembro 7, 2021

Conheça 5 estratégias para reduzir custos logísticos

Um mau planejamento logístico pode custar caro, literalmente. A falta de controle ou de supervisão é uma das ações que podem gerar gastos de recursos e procedimentos maiores do que o necessário. 

Mas não é só isso.

A redução de custos logísticos envolve também a consideração de soluções tecnológicas, que possuem grande importância quando o assunto é otimização de recursos.

Separamos aqui neste post, 5 estratégias chave para a redução de custos logísticos, importantes para toda empresa que possui operação de transporte.

Confira!

1 – Planejamento estratégico

O planejamento estratégico é o passo fundamental para evitar gastos desnecessários nos processos logísticos. 

Para a construção de um planejamento estratégico completo, você deve considerar questões macro da sua empresa, como objetivos, processos internos, gestão de transporte, indicadores de desempenho a serem observados etc.

Resumidamente, o plano estratégico é o mapa de sucesso da sua empresa. Ou seja, não economize tempo na hora de planejar onde você pretende chegar, quais os caminhos e estratégias que vão te ajudar nisso.

2 – Controle de estoque e armazenagem

O estoque e a armazenagem estão diretamente ligados a redução de custos logísticos, tanto que também estão entre os itens de composição do plano estratégico da empresa.

Isso porque é nessa área em que acontece a maior parte dos prejuízos. Mas, felizmente, existem algumas estratégias que ajudam a melhorar essa gestão, como cross docking, sistema just in time, além de calendário de fiscalização e monitoramento, para simplificar e padronizar a rotina da área.

Para definir a melhor estratégia para o estoque e a armazenagem da sua empresa, liste quais são as particularidades do seu negócio e as características organizacionais que precisa. 

Lembre-se que uma gestão de estoque e armazenagem só é eficiente quando atende às reais necessidades do negócio. 

3 – Relação com fornecedores

A relação com os fornecedores dentro de uma cadeia logística jamais deve ser desvalorizada. 

O alinhamento entre as empresas é indispensável para que as operações sejam eficientes, garantindo as entregas dentro do prazo, além de materiais dentro do melhor custo-benefício possível.

Algumas dicas para conseguir manter uma boa relação de negócio com seus fornecedores são:

  • Monitoramento constante do desempenho dos fornecedores;
  • Identificação dos que prestam serviços com mais qualidade;
  • Abertura de diferentes canais para manter uma boa comunicação;
  • Compartilhe seus planos de produção.

Não esqueça de sempre valorizar a relação com os principais fornecedores. É com base na manutenção desse vínculo que ambas as partes podem trabalhar para soluções que beneficiem a todos.

4 – Monitore os Indicadores de desempenho logístico

O principal aliado para ajudar a reduzir custos logísticos da empresa são os indicadores de desempenho. Ou seja, as métricas quantitativas que avaliam a performance de cada processo da empresa.

Alguns exemplos de indicadores de desempenho logísticos são:

  • entregas no prazo;
  • quantidade de pedidos processados, enviados e entregues sem nenhuma incidência no caminho;
  • tempo médio de entrega;
  • custos de transporte e armazenagem;
  • tempo do ciclo do pedido (lead time);
  • nível médio de estoque.

Tendo em mente todas as estratégias que foram mencionadas até aqui, os indicadores de desempenho podem identificar tanto os aspectos positivos quanto negativos relacionados aos custos logísticos. 

Assim, ajudam a facilitar na hora da decisão de quais problemas devem ser priorizados para resolução.

5 – Automatização de processos

A tecnologia já está presente em todas as empresas que se preocupam em prestar sempre o melhor serviço aos seus clientes. Afinal, é com a automatização que a empresa consegue ser cada vez mais eficiente ao que se propõe.

Em um contexto de operação logística, a automatização tem um papel fundamental não só para tornar os processos mais eficientes, mas também, principalmente, para gerar economia de tempo e recursos para o negócio.

Veja alguns exemplos práticos de como a automatização ajuda a logística dos negócios:

  • roteirização para definir melhores trajetos;
  • gestão de zonas de restrição;
  • otimização de gerenciamento de riscos;
  • obtenção de dados estatísticos centralizados;
  • cálculo de custos operacionais gerais, como pedágios.

Se você também considera a tecnologia algo crucial para diminuir os custos logísticos da sua empresa, mas não sabe qual solução escolher, a dica do próximo tópico é para você:

Como reduzir os custos logísticos do seu negócio com a Maplink

Há mais de 20 anos no mercado, somos especialistas em soluções de geolocalização, que ajudam diferentes empresas a otimizarem suas operações logísticas.

A Maplink Platform é um conjunto de APIs prontas para serem integradas ao sistema de sua empresa, para solucionar questões como:

  • roteirização;
  • cálculo de pedágio;
  • gestão de zonas de restrição;
  • visualização de rotas;
  • cálculo de distância;
  • e muito mais!

Quer saber mais detalhes sobre como a Maplink pode tornar a logística da sua empresa ainda mais eficiente?

Clique no botão abaixo e preencha seus dados, para que um especialista faça o contato com você:

Fred Hohagen

CEO & Co fundador - Maplink

Newsletter
Últimos Posts

Quais as vantagens do Google Cloud? Comparação com AWS

Quais são as vantagens do Google Cloud quando comparadas às da AWS (Amazon Web Services)?  Por mais que a AWS...

Artigos Relacionados