metodos-de-roteirizacao-logistica

3 Métodos de Roteirização Logística: otimize suas operações

O grande objetivo da roteirização é definir um percurso com a melhor sequência de paradas possível, reduzindo a distância a ser percorrida, o tempo de deslocamento e os custos da operação. Parece simples, no entanto, a pergunta que fica é: quais são os melhores métodos de roteirização logística para atingir este objetivo?

Nós temos a resposta! E neste artigo, você irá conhecer os 3 principais métodos de roteirização logística, utilizados para otimizar a operação de transporte de empresas de todos os portes e ramos de atuação.

Leia também: Quais são os benefícios da roteirização? Conheça 11 vantagens

Os 3 principais Métodos de Roteirização Logística

Quem trabalha com logística deve saber da importância de conhecer diferentes técnicas de roteirização, afinal, operações menores podem utilizar métodos mais simples, enquanto que operações mais robustas requerem técnicas complexas, capazes de considerar um grande número de pontos de parada e suas restrições.

Seja qual for o caso da sua empresa, algum dos métodos de roteirização logística apresentados a seguir certamente irá atender à sua demanda. Confira:

1 – Método das economias

Também conhecido como Clarke e Wright, o método das economias tem como objetivo reduzir a distância total a ser percorrida, bem como o número de veículos necessários para a operação.

Para aplicar este método, basta seguir os passos abaixo:

1 – Trace rotas simples entre o depósito e cada um dos pontos de parada, como se o veículo saísse para fazer apenas uma entrega e retornasse para o depósito.

2 – Combine duas paradas, eliminando um veículo e reduzindo a distância a ser percorrida.

método roteirização

Fonte: Congresso Nacional de Excelência em Gestão

3 – Utilizando a fórmula abaixo, calcule todas as combinações de paradas, duas a duas, a fim de determinar qual é a mais econômica.

método de roteirização

4 – Faça uma lista com os resultados dos ganhos em ordem decrescente e combine os nós que apresentam maior ganho, considerando as restrições de tempo, distância e capacidade dos veículos.

5 – Ao finalizar uma rota, passe para a próxima, e repita o processo até que todas as paradas estejam incluídas em roteiros.

2 – Método de Varredura

Também conhecido como Sweep Algorithm, o método de varredura é muito utilizado em situações com muitos pontos de parada.

Essa metodologia permite traçar múltiplos roteiros, levando em conta possíveis restrições como: distância, capacidade de carregamento dos veículos e janelas de tempo para as entregas.

A técnica é dividida em duas etapas: agrupar e roteirizar.

Agrupar

1 – Demarque o centro de distribuição e todas as paradas em um mapa.

2 – Estenda uma linha reta, partindo do depósito, em qualquer direção

3 – Mova a linha no sentido horário ou anti-horário, até que cruze um ponto de parada.

4 – Verifique se a adição desta parada ao roteiro compromete a operação devido às restrições de carregamento ou tempo. Se a resposta por não, continue movendo a linha até cruzar uma nova parada e repita os passos. Se a resposta for sim, passe para o próximo agrupamento.

5 – Repita o processo até que todos os pontos de parada estejam alocados em algum grupo.

Roteirizar

Com os grupos formados, tudo o que precisa fazer é montar os roteiros, organizando as paradas de modo a minimizar a distância a ser percorrida. Para isso, você pode utilizar o método do Caixeiro Viajante, que veremos a seguir.

método de varredura roteirização logística

Exemplo Método de Varredura

3 – Método do Caixeiro Viajante 

O Problema do Caixeiro Viajante ou Traveling Salesman Problem é um método de roteirização logística bem simples. Ideal para percursos com poucos pontos de parada, busca definir um roteiro com o menor custo possível.

Suas premissas envolvem passar por todos os pontos de parada uma única vez, considerando que o veículo deve ter como ponto de partida o depósito, para onde deverá retornar ao fim do percurso. O objetivo deste método é encontrar a melhor sequência de paradas, reduzindo o tempo ou a distância total do percurso.

Para mais detalhes sobre este método de roteirização, confira o vídeo abaixo:

Leia também: O que é roteirização de transporte? Quando ela é necessária?

Como otimizar uma rota?

Os métodos de roteirização logística apresentados são capazes de surtir ótimos resultados para a sua operação. No entanto, é importante entender que percursos verdadeiramente otimizados devem seguir os princípios de roteirização, passos simples que contribuem para gerar roteiros mais eficientes. São eles:

  1. Carregue os caminhões de acordo com a proximidade entre as paradas;
  2. Utilize sempre os maiores veículos disponíveis;
  3. Inicie a construção de rotas sempre pela parada mais distante do depósito;
  4. Evite janelas de tempo muito limitadas entre as paradas;
  5. Sempre que possível, procure fazer com que a sequência de paradas tenha o formato de gota;
  6. Combine as coletas com as rotas de entrega, ao invés de deixá-las para o final;
  7. Considere utilizar outra modalidade de entrega para as paradas que ficarem de fora do agrupamento;
  8. Combine as paradas em dias diferentes, produzindo agrupamentos densos.

Leia também: Como fazer roteirização de entregas? Por onde começar?

Como usar os métodos de roteirização logística para aprimorar o desempenho da sua empresa?

Qualquer empresa que trabalha com transporte e entregas sabe que aplicar métodos de roteirização logística é fundamental para manter a rentabilidade das operações.

No entanto, melhor ainda é contar com o apoio de ferramentas especializadas, capazes de simplificar a criação de rotas, fornecendo os melhores percursos para melhorar o desempenho da sua empresa, economizando tempo e dinheiro.

A Maplink, maior empresa de tecnologia em geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área, fornece o apoio para otimizar as operações de sua empresa, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Em parceria com sua equipe de TI, integramos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a comunicação entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a conhecerem esses métodos de roteirização logística! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

roteirização logística

Comments are closed.