terça-feira, janeiro 18, 2022

Indicadores de Manutenção de Frota: 7 métricas para ficar de olho

A falta de manutenção pode gerar atrasos nas entregas, custos inesperados e até mesmo problemas mais graves, como acidentes nas estradas. Por isso, monitorar os principais indicadores de manutenção de frota é fundamental para que sua empresa opere com eficiência e segurança.

Além disso, o acompanhamento constante de indicadores de gestão de frotas permite definir metas e intervenções capazes de melhorar o desempenho do setor e reduzir custos.

Para que você fique por dentro do assunto e consiga otimizar a gestão de transporte da sua empresa, neste artigo vamos te apresentar alguns dos principais indicadores de manutenção de frota. Boa leitura!

7 Indicadores de Manutenção de Frota

O monitoramento de KPIs contribui para uma tomada de decisão mais eficiente, realizada com base em dados objetivos sobre o cenário. Essa estratégia serve tanto para corrigir falhas quanto para identificar intervenções capazes de aprimorar ainda mais o que já vem dando certo, aumentando os resultados e reduzindo custos.

Confira abaixo alguns dos principais indicadores de manutenção de frota que a sua empresa precisa acompanhar:

1 – Quilometragem rodada

Um importante indicador de manutenção de frota é a quilometragem rodada. Além de ser usada como critério para a realização de manutenções mais robustas, também pode indicar o momento certo para a troca de peças, pneus, lubrificante e outros componentes, garantindo a segurança do transporte.

Leia também: 4 (+ bônus) dicas de como controlar manutenção de frota!

2 – Desgaste de peças

O desgaste das peças já é algo esperado, devendo ser identificado em manutenções preventivas, substituindo-as sempre que necessário.

No entanto, quando ocorre de forma acelerada, pode indicar problemas como: falta de perícia por parte do condutor, uso de peças de baixa qualidade, tráfego por estradas em más condições, etc. É importante investigar suas causas, de modo a estabelecer estratégias para solucionar o problema.

3 – Idade média da frota

Veículos com muito tempo de estrada tendem a apresentar mais defeitos, mesmo com as manutenções preventivas em dia, por conta do desgaste natural do uso.

Quando analisado ao lado de outros indicadores de manutenção de frota, a idade do veículo pode ser um fator relevante para definir o momento mais oportuno para a renovação da frota. Além disso, este indicador também permite uma comparação do desempenho entre veículos de marcas diferentes mas com o mesmo tempo de uso.

Leia também: Como controlar frota de caminhões? 6 Dicas indispensáveis!

4 – Número de manutenções por veículo

Veículos que precisam de manutenções constantes podem ser indícios de que está na hora de renovar a frota. Além disso, esse indicador pode embasar a tomada de decisão para a aquisição dos novos modelos.

Também é importante considerar o custo de manutenção individual, uma vez que veículos que geram altos custos comprometem a rentabilidade da operação, diminuindo a margem de lucro da sua empresa.

5 – Número de manutenções por motorista

O estilo de condução do motorista também pode afetar o número de manutenções, por isso acaba sendo uma boa forma de avaliar o desempenho dos motoristas.

Condutores inexperientes ou com vícios de direção podem acelerar o desgaste de peças e aumentar o consumo de combustível. Por isso, acompanhar este indicador é importante para identificar a necessidade de treinamentos capazes de melhorar a atuação desses profissionais.

Leia também: Como controlar frota de veículos e aumentar a eficiência da sua entrega

6 – Média de custo por manutenção

Avaliar a média de custo por manutenção, bem como o gasto total por período, é importante para ter um panorama do setor e de seu impacto na renda da empresa. A ideia é entender de onde vem suas despesas e buscar formas de reduzi-las

Este KPI também pode ser útil ao estabelecer parcerias com fornecedores, buscando preços mais atrativos.

7 – Taxa de indisponibilidade da frota

Todo gestor sabe que veículo parado é sinônimo de prejuízo, não é mesmo? É por isso que a taxa de indisponibilidade (TIN) está entre os principais indicadores de manutenção de frota.

Uma alta taxa de indisponibilidade pode estar relacionada à baixa qualidade do serviço de manutenção, uso de peças e componentes de baixa qualidade, estilo de direção do condutor ou até mesmo com a idade do veículo, indicando a necessidade de substituição.

No vídeo abaixo você pode entender um pouco mais sobre este importante indicador de manutenção de frota, e ainda confere algumas dicas de como melhorar o índice de disponibilidade da sua frota:

Leia também: O que são indicadores de gestão de frotas e para que servem?

Comece a monitorar os indicadores de manutenção de frota hoje mesmo!

O monitoramento de indicadores de manutenção de frota é uma atividade indispensável para qualquer gestão de frotas. Acompanhar essas métricas permitirá que sua empresa opere com segurança, definindo metas capazes de aprimorar o desempenho do setor e reduzir custos.

A Maplink, maior empresa de tecnologia em geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área, fornece o apoio para otimizar as operações de sua empresa, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Em parceria com sua equipe de TI, integramos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a comunicação entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a conhecerem os principais indicadores de manutenção de frota! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

indicadores manutenção frota

Newsletter
Últimos Posts

O que é segurança digital para empresa e como proteger o seu negócio

O avanço tecnológico é favorável para qualquer tipo de empresa e é preciso garantir que a segurança avance na...

Artigos Relacionados