o que é custo de transporte

O que é custo de transporte? Vejas as principais despesas

Saber o que é custo de transporte é fundamental para a execução de diversas atividades dentro da logística de uma empresa, como calcular custo de transporte de cargas e realizar uma boa gestão de custos logísticos.

Mas não para por aí. Quem trabalha na área sabe muito bem que os custos relacionados ao transporte são os mais altos do setor.

Uma estudo realizado pela fundação Dom Cabral constatou que, no Brasil, os custos logísticos consomem cerca de 12,37% da receita das empresas, sendo que destes, 63,5% correspondem apenas ao transporte, ou seja, quase dois terços do total.

Para saber um pouco mais sobre essa pesquisa, confira o vídeo abaixo:

Tendo isso em vista, entender o que é custo de transporte pode ser o primeiro passo para uma redução de custos eficiente, a fim de aumentar a rentabilidade de uma empresa sem prejudicar a qualidade dos serviços por ela prestados.

Pensando nisso, preparamos este artigo para explicar exatamente o que é custo de transporte e identificar algumas das principais despesas envolvidas nessa atividade.

O que é custo de transporte?

Frente a pergunta: “o que é custo de transporte?” a primeira coisa que vem à cabeça são aquelas despesas diretamente relacionadas ao transporte de cargas, como as atividades de coleta, entrega e transferência, não é mesmo? No entanto, esses são apenas alguns dos vários custos envolvidos nesse tipo de operação.

Custos relacionados à segurança das operações

Essa categoria envolve os custos referentes à gestão de riscos de acidentes, danos e perdas, além do gerenciamento de risco de roubos.

  • Gerenciamento de riscos de roubos (GRIS) – Voltado para a segurança da carga, envolve seguros facultativos, custos operacionais do gerenciamento de riscos e despesas relacionadas ao rastreamento e monitoramento de cargas
  • Gestão de Riscos de Acidentes e Avarias – Também conhecido como frete valor, envolve custos com seguros em geral, além de indenizações por perdas, danos e extravios não cobertos pelos seguros

Custos administrativos

Também chamadas de despesas indiretas, pois não estão diretamente ligadas ao transporte de cargas, porém, são necessárias para o funcionamento da empresa como um todo. Dentre elas estão:

  • Custos gerais para o funcionamento da empresa – São as despesas necessárias para manter a empresa funcionando, como contas de água, luz, telefone e internet; impostos; manutenção das dependências e aluguel
  • Salários – Neste caso, se refere aos salários de funcionários de setores que não estão envolvidos diretamente com o transporte de cargas, como o financeiro, comercial, vendas e administrativo

Custos relacionados à coleta, transferência e entrega

Divididos em custos fixos e variáveis, se referem às despesas que estão diretamente envolvidas com o transporte de cargas.

Custos fixos

São custos que não dependem da distância percorrida, e ocorrem mesmo com o veículo parado. Alguns deles são:

  • Salário e demais benefícios do motorista
  • IPVA
  • Licenciamento
  • Seguro DPVAT
  • Seguro do veículo
  • Depreciação do veículo
  • Reposição de equipamentos/veículo
  • Manutenções periódicas programadas

Custos variáveis

São todos os custos que variam de acordo com a quilometragem rodada pelos veículos. Dentre eles estão:

  • Combustível
  • Lubrificante
  • Pedágios
  • Pneus
  • Manutenções não programadas

Custos adicionais

Esses custos variam de acordo com a operação, ou seja, dependem do tipo de carga e da complexidade do transporte a ser realizado. Sua finalidade é garantir a segurança e eficácia na realização do serviço.

  • Reentrega – Quando é necessário fazer mais de uma tentativa de entrega
  • Escolta Armada – Necessária principalmente nos casos em que a carga possui valor elevado ou é mais visada por ladrões
  • Dificuldade de Entrega – Quando o local de entrega é de difícil acesso ou mesmo inviabiliza a circulação do veículo
  • Armazenagem – Quando a carga precisa ficar armazenada além do tempo previsto
  • Cubagem – Quando a carga possui baixo peso e alto volume, lotando os veículos antes mesmo de atingir o peso suportado
  • Devolução de mercadoria – Quando a mercadoria acaba sendo devolvida ao contratante

E aí? Ficou claro o que é custo de transporte?

Como você pode perceber, não é por acaso que o custo de transporte é o mais elevado dentre os custos logísticos, tendo em vista o grande número de despesas envolvidas em operações de transporte de cargas.

Saber o que é custo de transporte é importante para desempenhar uma série de atividades relacionadas à logística de uma empresa, e agora que você já conhece essas despesas, está mais apto para realizar algumas melhorias, como reduzir custos de transporte, por exemplo.

Mas se você está em busca de otimizar as operações de transporte de sua empresa, investindo em tecnologia para garantir segurança e produtividade nos serviços prestados, conte com a Maplink!

Somos a maior empresa de tecnologia em logística da América Latina. Desenvolvemos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas como funciona na prática?

  • Permite ter visibilidade de todo o processo de transporte de cargas
  • Permite a otimização de rotas e controle de frotas
  • Possibilita a redução de custos e a automação de processos
  • Possibilita a criação de roteiros de visitas para equipes internas que vão a campo
  • E muitas outras possibilidades

Faça como grandes empresas que possuem operações logísticas de qualidade, e que são referência mundial como: BRF, Nestlé, Piracanjuba, Velocity, Habib’s, JBS, Máxima Sistemas. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a descobrirem o que é custo de transporte! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

Tags: No tags

Comments are closed.