o que é prevenção de perdas no varejo

O que é prevenção de perdas no varejo? Que práticas envolve?

Se você ainda não sabe o que é prevenção de perdas no varejo, fique sabendo que sua empresa pode estar perdendo muito dinheiro sem que você perceba!

Segundo pesquisa realizada em 2019 pela Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (ABRAPPE), o índice de perda no setor de varejo no ano anterior foi de 1,38% sobre o faturamento líquido das empresas. Considerando o valor de faturamento divulgado pelo IBGE, de 1,55 Trilhões de reais, essa perda equivale a aproximadamente 21,46 Bilhões de reais.

Dentre os setores em que os índice de perda são maiores, estão o de esporte (1,80%), perfumaria (1,92%) e supermercados (2,05%).

ABRAPPE prevencao de perdas no varejo

Fonte: Pesquisa ABRAPPE de Perdas no Varejo Brasileiro – Resultados 2019

Esses dados mostram quão preocupante são essas perdas, tamanho é o prejuízo por elas causado, apontando para a necessidade de se investir em prevenção de perdas no varejo.

Para te ajudar a entender melhor tudo isso, preparamos este conteúdo exatamente para explicar o que é prevenção de perdas no varejo, que tipos de práticas ela envolve e quais são suas vantagens para as empresas.

Mas afinal, o que é prevenção de perdas no varejo?

Antes de entender o que é prevenção de perdas no varejo, precisamos entender a que estamos nos referindo quando falamos em perdas neste setor.

Podemos considerar como perda no varejo, qualquer evento que tenha impacto negativo na lucratividade do negócio, alguns exemplos são:

  • roubo de cargas ou furtos nas lojas;
  • extravio de mercadorias;
  • fraudes de cheques ou cartões;
  • atraso na entrega de mercadorias por parte dos fornecedores;
  • perdas de produtos perecíveis devido a expiração de seu prazo de validade;
  • avarias sofridas pelas mercadorias, seja no transporte ou mesmo devido a más condições de armazenamento no estoque;
  • retrabalhos gerados por erros ou falta de padronização nos processos;
  • demora na reposição de itens disponíveis em estoque nas prateleiras;
  • danos sofridos por equipamentos, materiais ou espaços físicos das lojas;
  • dentre tantas outras.

Cada item perdido gera um prejuízo para a empresa e, apesar de muitas já considerarem esse déficit em seu orçamento, uma ótima saída é justamente investir em prevenção de perdas no varejo, que é o que pode contribuir para a redução desses custos e ainda aumentar o faturamento da sua loja.

Prevenção de perdas no varejo e gerenciamento de crises

O profissional de prevenção de perdas no varejo deve ainda estar atento para lidar com situações de crise. Um bom exemplo disso é a pandemia de Coronavírus (COVID-19) que tem abalado a economia mundial e transformando completamente a lógica do mercado.

Embora tenhamos que concordar que seja difícil estar preparado para lidar com uma situação tão grave, a qual ninguém esperava, trata-se de um momento extremamente crítico, que requer ações rápidas e pontuais para reduzir os danos.

Em um momento como este, o planejamento e aplicação de uma estratégia de prevenção de perdas, adaptada à realidade de cada setor, é essencial para a redução de danos.

Outras práticas mencionadas para os varejistas online que continuarem operando é a necessidade de novos formatos de entrega, como uma forma de evitar o contato pessoal.

Impactos do COVID-19 no setor de varejo

O estudo Impactos no Varejo – COVID-19, publicado em 17/03/2020, traz algumas análises importantes para se pensar a situação e elaborar planos de prevenção de perdas no varejo.

Dentre elas, temos que um dos efeitos esperados do isolamento social devido à quarentena seja um aumento nas vendas online quando comparadas ao comércio físico, devido a redução da circulação de pessoas por ambientes públicos e fechados.

O estudo ainda aponta para um aumento maior nos setores de alimentação, devido à tendência dos consumidores em estocar não perecíveis, além do setor de higiene e limpeza, por se tratarem de produtos essenciais em situações como esta.

Segundo o estudo, olhar para o que está acontecendo nos países em que a pandemia já está mais avançada é uma ótima forma de predizer o que irá acontecer no Brasil. Tendo isso em vista, vamos comparar os dados referentes a buscas na Internet entre Brasil e Itália para tentar entender o que veremos pela frente.

Impactos nas buscas dos consumidores no Brasil

Na tabela abaixo é possível ver a variação entre o número de pesquisas na Internet realizadas no Brasil em diferentes setores entre os dias 20 de janeiro e 09 de março, quando o vírus ainda estava começando a se espalhar pelo país.

Perceba que há um aumento nas categorias de Perfumaria (+4%) e Limpeza (+18%), referentes a itens como máscaras e álcool gel. Enquanto isso, pesquisas referentes a artigos de viagem, como Malas e Mochilas, teve uma grande queda (-59%).

o que é prevenção de perdas no varejo - COVID-19 - Brasil

Fonte: Estudo Impactos no Varejo – COVID-19

Impactos nas buscas dos consumidores na Itália

Já na tabela abaixo, vemos o exemplo da Itália, país onde o surto já estava mais avançado no mesmo período de análise.

Além do aumento das buscas nas categorias de Limpeza (+101%), Alimentação (+5%) e Pets (+54%), é possível notar um maior número de buscas por categorias relacionadas a entretenimento, como: Games (+68%), Brinquedos (+22%) e Informática (+44%), possivelmente como uma medida para tornar o período de isolamento menos difícil.

Observa-se ainda uma grande queda nas buscas por categorias como: Malas e Mochilas (-48%), Moda (-46%) e Móveis (-45%).

o que é prevenção de perdas no varejo - COVID-19 - Itália

Fonte: Estudo Impactos no Varejo – COVID-19

Você pode acessar o estudo completo e até mesmo baixá-lo por este link: Impactos no Varejo – COVID-19.

Como implementar a prevenção de perdas no varejo? Que tipo de práticas estão envolvidas?

Como você já deve ter percebido, há diversos tipos de ocorrências que podem ser consideradas perdas no varejo, portanto, não há uma receita única para resolver o problema, mas sim um conjunto de ações focadas em cada área onde ela ocorrem.

Primeiramente você precisa saber onde elas ocorrem. Para isso, você deve realizar um mapeamento, a fim de investigar que tipos de perda sua empresa pode estar tendo, seja por desperdício, falta de segurança, de atenção ou mesmo por negligência e despreparo.

Após o levantamento e análise das situações problema, você pode elaborar um planejamento para a implementação de medidas de prevenção de perdas no varejo que façam sentido para a situação do seu negócio. Alguns exemplos são:

  • implementar a padronização de procedimentos para organização de estoque, a fim de mantê-lo sempre organizado e evitar avarias nas mercadorias;
  • aquisição de um sistema de gerenciamento de armazém (WMS) para orientar a tomada de decisão quanto a aquisição de mercadorias, manter um controle da quantidade de itens em estoque, bem como evitar as perdas por expiração de prazos de validade;
  • investimentos em segurança, como um seguro contra roubos ou mesmo a contratação de agentes e câmeras para evitar furtos no interior das lojas;
  • treinamento de colaboradores, a fim de orientar sua atuação, de modo a reduzir perdas por desperdício e aumentar sua produtividade;
  • a roteirização de cargas também é uma ótima forma de evitar roubos durante o transporte, estabelecendo um percurso por regiões menos perigosas, principalmente quando se trata de cargas de maior valor, que são mais visadas. Além disso, utilizando um sistema de rastreamento veicular, associado a tecnologia de telemática, é possível aumentar a segurança tanto da carga quando do motorista.

Entenda um pouco mais sobre como implementar um processo de prevenção de perdas no varejo assistindo ao vídeo abaixo:

5 benefícios que a prevenção de perdas no varejo pode gerar para a sua empresa

Com um mapeamento das perdas, você terá uma boa noção de onde estão os maiores focos de perdas que prejudicam o faturamento do seu negócio. A partir disso, se bem planejada, a prevenção de perdas no varejo pode gerar diversos tipos de vantagens para a sua empresa. Confira alguns desses benefícios:

1 – redução de perdas devido a desperdícios, avarias, roubos, furtos, expiração de prazos de validade, etc.;

2 – aumento da produtividade da equipe devido ao treinamentos e estabelecimento das atividades a serem desenvolvidas;

3 – melhora no atendimento aos consumidores e, com isso, melhora de sua experiência de compra;

4 – aumento do faturamento da loja referente a venda de produtos que deixam de ser perdidos;

5 – com uma maior lucratividade, é possível fazer investimentos, otimizando ainda mais o atendimento e a produtividade.

E aí? Ficou claro o que é prevenção de perdas no varejo?

Uma coisa deve ficar clara: quanto mais tempo você demorar para identificar os pontos em que estão ocorrendo as perdas em sua loja, maior será o prejuízo total acumulado. Pense nisso como valores que você poderia estar investindo em melhorias em outras áreas para aperfeiçoar o desempenho do seu negócio.

Além disso, para o sucesso de uma cultura de prevenção de perdas no varejo, é necessário o envolvimento e colaboração de todos os envolvidos. Do gestor que elabora o planejamento aos funcionários, todos precisam estar a par e seguir as práticas recomendadas para a redução de perdas.

A Maplink, maior empresa de tecnologia em geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área, fornece o apoio para otimizar as operações de sua empresa, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Em parceria com sua equipe de TI, integramos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a comunicação entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem o que é prevenção de perdas no varejo! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

prevenção de perdas varejo

Comments are closed.