como reduzir custo logísticos na empresa

Descubra como reduzir custos logísticos na empresa: 7 dicas!

Saber como reduzir custos logísticos na empresa onde atua é o grande objetivo de muitos gestores. No entanto, essa nem sempre é uma tarefa fácil.

A logística está diretamente relacionada à qualidade dos serviços realizados em uma empresa e, consequentemente, à satisfação dos consumidores, peça chave para o sucesso de qualquer empreendimento. Logo, reduzir custos logísticos sem perder a qualidade dos produtos ou serviços é um grande desafio.

Se você está nesta posição atualmente, veio ao lugar certo, pois neste artigo vamos dar algumas dicas de como reduzir custos logísticos na empresa para te ajudar a superar esse desafio.

7 dicas de como reduzir custos logísticos na empresa

Confira abaixo 7 dicas de como reduzir custos logísticos e promova as mudanças necessárias para que sua empresa alcance maior rentabilidade.

1 – Implemente um processo de roteirização eficiente

O transporte é o responsável pela maior parte dos custos logísticos, representando 63,5% das despesas totais do setor. Sendo assim, ao buscar formas de como reduzir custos logísticos em uma empresa, é muito importante dar uma atenção especial a essa atividade.

No entanto, reduzir custos de transporte é um grande desafio. Uma das melhores formas de gerar economia neste sentido é a realização de uma roteirização de cargas mais eficiente.

O principal objetivo da roteirização de cargas é selecionar o melhor trajeto possível, otimizando o tempo e os custos relacionados ao transporte. Essa prática pode gerar diversos benefícios para qualquer empresa, alguns deles são:

  • redução de custos logísticos;
  • melhor aproveitamento da frota;
  • maior número de entregas em menos tempo;
  • maior qualidade do serviço;
  • dentre muitos outros.

Com um bom planejamento, que leve em conta todas as variáveis envolvidas no processo de transporte de cargas, é possível não apenas reduzir custos de transporte como também melhorar a qualidade do serviço prestado.

2 – Programe manutenções periódicas para as frotas

Um caminhão parado, com problemas mecânicos, é sinônimo de prejuízo. Além disso, a falta de manutenção gera riscos tanto para seu condutor e demais motoristas na estrada quanto para a carga transportada.

Por isso, manter a manutenção das frotas em dia é uma prática que influencia tanto na segurança quanto na eficiência das entregas.

Logo, é importante manter um calendário de manutenções programadas, que precisam ser realizadas periodicamente a fim de assegurar o bom funcionamento dos veículos. Para isso, saber como controlar a manutenção da frota é fundamental.

Este é um procedimento extremamente importante, que não pode ser negligenciado, uma vez que ajuda a identificar e antecipar problemas mecânicos, consertando-os antes que gerem custos ainda maiores.

Uma medida como essa é capaz prolongar a vida útil dos veículos, prevenir acidentes e garantir a redução de custos logísticos de transporte em longo prazo.

3 – Invista em tecnologia para a automatização de processos

Toda empresa possui uma série de rotinas burocráticas, no entanto, essas atividades geralmente tomam muito tempo da equipe. Por serem feitas manualmente, ainda estão sujeitas ao risco de erro humano, que pode acabar gerando mais custos.

Apesar da necessidade de um investimento inicial, o uso de um software de automação pode promover ótimos resultados em médio e longo prazo.

Essas ferramentas são capazes de eliminar atividades burocráticas, garantindo uma série de benefícios, como:

  • maior eficiência na execução dos processos;
  • melhor aproveitamento de tempo;
  • redução de custos logísticos;
  • dentre tantos outros.

4 – Invista na capacitação de sua equipe

Não é nenhum segredo que quanto mais capacitada for uma equipe, mais eficiente será sua atuação. Quando os funcionários sabem exatamente o que fazer, quando fazer e como fazer, a qualidade do trabalho desenvolvido aumenta, reduzindo o risco de erros que geram custos para a empresa.

Portanto, investir na capacitação de seus funcionários é uma ótima maneira de reduzir custos logísticos e aumentar a qualidade dos produtos/serviços oferecidos pela sua empresa.

5 – Redução do estoque ou modelo de gestão Just in Time

É praticamente impossível falar em redução de custos sem falar em logística Just in Time. Trata-se de um método de gestão no qual cada ação deve ser realizada “na hora certa”, ou seja, atividades como compra, transporte e produção ocorrem de acordo com a demanda.

Esse modelo de gestão tem como focos a qualidade da operação, redução de desperdícios e redução ou até mesmo eliminação do estoque, uma vez que mercadorias paradas não geram lucro, pelo contrário, geram custos de armazenamento.

Para isso, é necessário alto grau de comprometimento de todos os agentes envolvidos, para que haja sincronia em todo o processo. Assim, é possível o funcionamento de uma empresa ou e-commerce sem estoque, gerando economia nos custos de armazenamento.

6 – Monitore os principais indicadores de desempenho logístico 

O monitoramento de indicadores de desempenho logístico (KPIs) relevantes para a sua empresa é fundamental para avaliar o desempenho do seu negócio. O acompanhamento constante dessas métricas possibilita identificar pontos de gargalo, realizar intervenções e otimizar processos, gerando redução de custos.

A escolha dos KPIs a serem monitorados irá depender da estratégia e objetivos de cada empresa, mas você basicamente precisa identificar quais são as métricas mais importantes para o funcionamento do seu negócio.

A partir dos resultados dessas análises é possível realizar intervenções, visando as melhorias necessárias para  gerar a redução de custos desejada.

7 – Defina metas e objetivos claros e realistas

Por meio do monitoramento de KPIs é possível identificar falhas que prejudicam a produtividade e elevam os custos logísticos da empresa. Uma vez identificados, você poderá definir quais são os objetivos a serem atingidos para reduzir tais custos e melhorar o desempenho do setor.

Além disso, com objetivos e metas bem consistentes, é possível elaborar um planejamento logístico muito mais eficiente, pautado na realidade de cada empresa.

Confira no vídeo abaixo algumas dicas para não errar ao reduzir custos logísticos na sua empresa:

E aí? Gostou das dicas de como reduzir custos logísticos na empresa?

Há muitas estratégias que podem ser implementadas quando o assunto é como reduzir custos logísticos na empresa. Aqui apresentamos apenas algumas delas que certamente poderão te ajudar a dar os primeiros passos para reduzir os custos e aumentar a rentabilidade de sua empresa.

Mas se você está em busca de uma solução mais robusta para otimizar as operações de transporte de sua empresa, investindo em tecnologia para garantir segurança e produtividade nos serviços prestados, conte com a Maplink!

Somos a maior empresa de tecnologia em logística da América Latina. Desenvolvemos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas como funciona na prática?

  • Permite ter visibilidade de todo o processo de transporte de cargas
  • Permite a otimização de rotas e controle de frotas
  • Possibilita a redução de custos e a automação de processos
  • Possibilita a criação de roteiros de visitas para equipes internas que vão a campo
  • E muitas outras possibilidades

Faça como grandes empresas que possuem operações logísticas de qualidade, e que são referência mundial como: BRF, Nestlé, Piracanjuba, Velocity, Habib’s, JBS, Máxima Sistemas. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem como reduzir custos logísticos na empresa! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

Comments are closed.