principais-indicadores-do-varejo

Principais indicadores do varejo: 8 métricas em que todo gestor varejista deve ficar de olho

Indicadores de desempenho são ferramentas essenciais para que gestores possam avaliar o desempenho de suas estratégias empresariais e implementar as melhorias necessárias para alcançar resultados cada vez mais satisfatórios.

No mercado varejista, o uso de indicadores é importante para que seja possível acompanhar de maneira mais precisa o progresso das vendas e o andamento dos processos internos. Tudo isso com base em dados concretos e não em achismos sem fundamento sólido. 

Tendo isso em vista, elaboramos este artigo para apresentar os principais indicadores do varejo online e offline. Continue a leitura para conhecer estes 8 indicadores que você não pode deixar de implementar na sua empresa:

  1. Faturamento bruto
  2. Ticket médio
  3. Taxa de conversão
  4. Tempo médio de conversão
  5. Qualidade das entregas
  6. Taxa de recompra
  7. Custo de Aquisição de Clientes
  8. Satisfação dos clientes

8 principais indicadores do varejo para ficar atento

Confira se suas estratégias de marketing e vendas estão no caminho certo acompanhando estes indicadores.

1. Faturamento bruto

Iniciando nossa lista com os principais indicadores do varejo, temos o faturamento bruto.

Esse indicador nada mais é do que o montante de dinheiro que a empresa varejista conseguiu injetar no caixa a partir das vendas de um determinado período.

O cálculo é bem simples:

  • Faturamento bruto = volume total de vendas X valor de cada unidade vendida

O faturamento bruto, em conjunto com outros indicadores, é importante para entender o potencial de crescimento da empresa.

O cálculo do faturamento pode ser feito por canal de distribuição e por produto. A intenção é permitir que sejam feitas análises mais específicas sobre as fontes de receita da empresa.

2. Ticket médio

O ticket médio é um indicador que mostra quanto, em média, cada cliente representa de receita para empresa em um período específico.

O cálculo é feito a partir da seguinte fórmula:

  • Ticket médio = faturamento total / total de clientes

A empresa pode calcular o ticket médio por produto, para identificar aqueles com maior saída, e por vendedor, para saber quais apresentam melhor desempenho.

3. Taxa de conversão

A taxa de conversão mostra o quão eficaz os vendedores são para converter as abordagens comerciais em vendas.

Para calcular esse indicador, basta aplicar seguinte fórmula:

  • Taxa de conversão = total de vendas / total de abordagens

No caso de uma loja virtual, a taxa de conversão se refere à relação entre o total de visitantes do site e o total de visitantes que concluíram alguma compra. 

4. Tempo médio de conversão

Outro indicador que vale a pena acompanhar no varejo é o tempo médio de conversão. Ou seja, quanto tempo a equipe de vendas demora, em média, para conseguir converter um lead em cliente?

Especialmente no e-commerce, esse indicador é importante para que a empresa possa entender melhor o seu ciclo de vendas e descobrir maneiras de agilizá-lo.

5. Qualidade das entregas

Dentre os principais indicadores do varejo, os que se referem à qualidade das entregas não poderiam ficar de fora.

Do total de entregas feitas pela empresa varejista durante determinado período, é importante mensurar aquelas que foram feitas com atraso, que foram devolvidas por defeito de mercadoria e que nem mesmo chegaram a ser realizadas.

Acompanhar a qualidade das entregas é fundamental para garantir que o seu produto chegue até os clientes conforme o esperado.

6. Taxa de recompra

A taxa de recompra é um indicador do varejo que mostra quantos clientes compraram novamente em determinado período.

A partir do cálculo da taxa de recompra, a empresa consegue entender o seu potencial de gerar receita recorrente e fazer projeções com base nisso.

Para calcular esse indicador, basta aplicar a seguinte fórmula:

  • Taxa de recompra = total clientes que compraram mais de uma vez / total de clientes

7. Custo de Aquisição de Clientes

O Custo de Aquisição de Clientes (CAC) mostra quanto, em média, a empresa precisa investir para adquirir um novo cliente.

Para as empresas do varejo, esse indicador é importante para definir o orçamento destinado às estratégias de marketing e entender o seu potencial lucrativo.

Não há muito segredo para calcular o CAC. Basta dividir todo o montado investido em ações para atrair e converter novos clientes durante determinado período e dividir pelo total de novos clientes nesse mesmo período. 

Quanto menor for o CAC, é sinal de que mais clientes foram conquistados.

8. Satisfação dos clientes

Por último, mas não menos importante, temos a satisfação dos clientes como um dos principais indicadores do varejo.

Esse indicador é importante para atestar a qualidade dos seus produtos, serviços e demais aspectos que envolvem as atividades da sua empresa varejista (atendimento, experiência de navegação na loja virtual, suporte técnico, etc).

Para saber a satisfação dos clientes, você pode fazer pesquisas digitais pedindo para que os respondentes atribuam notas ou façam comentários sobre determinado tópico. Um dos métodos mais comuns é a pesquisa de Net Promoter Score, que avalia a probabilidade dos clientes indicarem a sua empresa para outras pessoas.

Bom , o que achou dos principais indicadores de varejo que separamos aqui? Implemente-os na sua empresa para acompanhar o desempenho do negócio e alcançar melhores resultados.

Com eles você poderá implementar e acompanhar seu planejamento estratégico de vendas.

Veja mais sobre isso neste webinar gratuito:

Este post foi escrito pela equipe da Siteware, uma empresa que une pessoas, operação e estratégia em um único software, para que as empresas melhorem seus resultados, sua comunicação e sua governança.

Tags: No tags

Comments are closed.