Como funciona a roteirização e como torná-la ainda mais eficiente?

Você ainda tem algumas dúvidas de como funciona a roteirização?

Apesar de parecer uma estratégia simples, a roteirização demanda uma estrutura extremamente robusta para que seja, de fato, eficiente. Podemos fazer um paralelo com uma viagem internacional a lazer, por exemplo.

Imagine que você tenha decidido não contratar uma agência de viagens, e resolva montar a sua rota por este país desconhecido sozinho. Quais itens precisam estar presentes no seu planejamento?

  • Tempo disponível para cada região visitada;
  • Lugares que você gostaria de visitar;
  • Qual a disponibilidade de horário, dias e ingressos destes locais;
  • Qual a distância do seu hotel para cada um dos passeios;
  • Que meios de transporte você pretende utilizar.

Você consegue notar que temos um volume alto de informações para pesquisar e descobrir por conta própria? Agora traga essa complexidade para o ambiente logístico. Além das inúmeras restrições, informações e dificuldades do planejamento, ainda precisamos otimizar tempo e recursos.

Seria ótimo ter acesso a uma tecnologia que otimizasse o percurso, considerando todas as informações que impactam no carregamento, transporte, trajeto e entrega, não é mesmo? Bom, é exatamente que funciona a roteirização.

Neste artigo vamos explicar melhor como funciona a roteirização, na prática, e quais ferramentas são essenciais para que ela, de fato, entregue as melhores rotas para a sua empresa.

O que é roteirização

O termo roteirização é utilizado em diversos cenários, como, por exemplo, a respeito de um roteiro de filme. Independentemente do contexto que o inserimos, podemos dizer que roteirização é o efeito ou o ato de elaborar um roteiro.

Em logística, a roteirização fornece o roteiro de entregas para ajudar o motorista a localizar os pontos que precisa descarregar a mercadoria, percorrendo o melhor trajeto

Mas como a roteirização funciona, na prática? Será que basta colocar os endereços em sequência, de acordo com a proximidade e pronto? Bom, já adiantamos que não é exatamente assim.

Afinal, existem inúmeros fatores que devemos considerar para formular a rota perfeita. Como:

  • Proximidade com o galpão/estoque;
  • Limites da estrada e dos trajetos urbanos;
  • Diferenças de normas e legislações regionais;
  • Capacidade e tipo da frota;
  • Entre outros.

Como a roteirização funciona?

Como funciona a roteirização

Saber como a roteirização funciona é fundamental para reduzir custos de transporte, agilizar o prazo de entrega e aumentar a satisfação do cliente. O começo dessa compreensão se dá no planejamento. Afinal, a pessoa encarregada de fazer a roteirização precisa alinhar os pontos de entrega, de acordo com as coordenadas, de forma a traçar o melhor percurso entre o carregamento e o retorno ao galpão/empresa.

Para isso precisamos estudar os diferentes percursos disponíveis e determinar qual ou quais deles são mais eficientes. Ou seja, o ponto ótimo entre o menor tempo, as melhores condições e o menor custo.

Mas, normalmente, quando perguntamos como a roteirização funciona, estamos falando de um sistema de roteirização e não dessa construção manual.

Esse sistema nada mais é que um software munido de tecnologias como a geolocalização, inteligência artificial e acesso a um banco de dados sobre trânsito atualizado em tempo real.

Com essa inteligência, os roteirizadores podem, então, considerar todas as variáveis para oferecer o melhor trajeto, cálculo prévio de custos e até mesmo informações para entregas agendadas.

Ferramentas essenciais para roteirização

Existem algumas maneiras de fazer roteirização, manualmente ou de forma automática. Independente da sua escolha, você precisará de uma ferramenta de geolocalização e algum sistema com informações sobre os trajetos possíveis.

Como você deve imaginar, poucas empresas procuram saber como a roteirização funciona sem qualquer uso de tecnologia, certo? Afinal, como mencionamos, é preciso incluir inúmeras variáveis para encontrar de fato a rota ideal. O indicado, portanto, é investir em tecnologias que consigam capturar todas essas informações, em tempo real. E sejam capazes de realizar a roteirização de forma mais eficiente e ágil.

Veja algumas dessas opções abaixo:

Você, com certeza, já buscou como a roteirização funciona no Google Maps, certo? As funcionalidades desta plataforma são realmente muito úteis, principalmente para facilitar a navegação do usuário, além de ajudá-lo a encontrar a localização da sua empresa e a melhor rota para chegar lá. Mas para roteirização com diversos pontos de parada talvez não seja a melhor opção.

Afinal, as paradas, aqui, são determinadas de acordo com a inserção, e não considerando o trajeto mais eficiente.

  • Roteirizador Maplink

exemplos de roteirização

Com o roteirizador Maplink, a sua empresa consegue acessar o melhor caminho e sequenciamento de entregas, mesmo com diversos pontos de parada. Outro ponto positivo do roteirizador Maplink é a roteirização com restrições, ou seja, que considera especificações do veículo, limite de velocidade e muitos outros.

Talvez você esteja pensando: Bom, basta uma ferramenta simples para aprendermos como a roteirização funciona, certo?

Na verdade, criar rotas eficientes demanda uma complexidade de programação, atualização e inserção de dados em tempo real. Exatamente por isso que o roteirizador utiliza algumas API’s. Essa sigla significa Application Programming Interface, ou Interface de Programação de Aplicativos, responsáveis por ligar a comunicação entre sistemas ou plataformas. Veja abaixo algumas das principais API’s Maplink, que vão te auxiliar a entender como a roteirização funciona.

  • Trip API

Trip API é o roteirizador Maplink que realiza o cálculo do melhor caminho, considerando todas as variáveis de transporte, como veículo, histórico de trânsito, geometria da rota e muito mais.

E, o principal diferencial é que independentemente de quantas paradas exista no trajeto, o roteirizador Maplink consegue determinar qual o melhor sequenciamento de entrega entre localizações.

  • Planning API

O Planning API é a ferramenta perfeita para potencializar o roteirizador Maplink, afinal, trata-se do serviço de montagem de carga, otimização e sequenciamento de N (pedidos) para N (veículos).

Isso, é claro, considerando os diferentes tipos de veículos em suas coletas e entregas, e demais restrições de trabalho, capacidade do veículo, legislação.

  • Toll API

Para a escolha da melhor rota precisamos ter informações de custos, certo? Afinal, um dos objetivos do roteirizador Maplink é exatamente esse! O Toll API é a ferramenta correta para precisar os custos de transporte, sem surpresas.

Afinal, ela inclui os valores de pedágio nos cálculos da operação e facilita esse pagamento, para garantir previsões e controle de custos efetivos.

Mais algumas ferramentas das API’s e roteirizador Maplink

  • Map Display: Renderização e visualização do mapa com suas rotas, pedágios e locais importados;
  • Distance Matrix: resultado do cálculo da distância (KM) e tempo entre uma matriz de diversas origens para diversos destinos;
  • Place in Route and Nearby: Identificação, gestão e busca de locais próximos. Como balanças, postos de combustível, etc;
  • Restriction Zone: gestão e criação de áreas de restrição, para desvio de rotas;

Entenda melhor como nossas API’s conseguem criar rotas tão eficientes, de forma tão rápida e eficiente.

Maplink Platform

As APIs Maplink foram criadas para se adaptar às necessidades da sua empresa e sistema, indo muito além do mercado logístico. Como? Bom, nós oferecemos:

  • Serviço de roteirização para rotas simples e com múltiplos pontos, que se adapta ao seu tipo de veículo (carro, caminhão, moto, bicicleta, etc) e considera, para planejamento final, todas as especificidades e restrições da sua operação, além de te apresentar o tempo e custo total.
  • API Planning, que foi criada para otimizar a sua operação, integrando a criação de rotas, com atribuição para os seus veículos ou equipes, para que o custo total seja reduzido e a produtividade aumente.
  • Inclusão de gastos com pedágio (presentes nas suas rotas) nos cálculos da operação e facilidade no pagamento, para garantir previsões e controle de custos efetivos.
  • Cálculos de matriz simplificados, considerando tempo e distância entre destinos (com base na melhor rota) e melhora na experiência de navegação e compra do seu cliente, além de ganhar visibilidade sobre a sua operação.

Ficou curioso para conhecer mais sobre a Maplink? Então, veja abaixo um pouco mais sobre a nossa empresa!

Maplink

A Maplink, junto com o seu time de TI ou desenvolvimento, oferece uma plataforma de APIs que integram com os sistemas da sua empresa, usando a tecnologia para otimizar as operações, garantindo informações estratégicas e a redução de custos logísticos.

Somos a maior empresa de tecnologia de geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área!

Desenvolvemos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Integração e implementação de APIs para otimização de processos operacionais;
  • Nossas APIs integram facilmente com qualquer tecnologia ou sistema (TMS, CRM, WMS e outros). Além disso, o seu time terá acesso a uma documentação completa e a um time de especialistas dedicado, garantindo uma implementação rápida.;
  • Otimização de rotas de entrega;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Raízen, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Tags: No tags

Comments are closed.