exemplos de riscos logísticos

3 Exemplos de Riscos Logísticos: o que são? Como evitá-los?

Toda operação logística está sujeita a imprevistos, falhas e acidentes que podem comprometer os resultados da empresa. Neste sentido, um gestor que conhece exemplos de riscos logísticos estará mais preparado para se antecipar a estes problemas, criando estratégias eficientes, capazes de evitar que ocorram.

Para que você fique por dentro do assunto e possa estabelecer um bom gerenciamento de risco para logística, neste post listamos alguns exemplos de riscos logísticos comuns, e o que fazer para evitá-los.

3 exemplos de riscos logísticos

Precaução é sempre a escolha mais segura para garantir resultados positivos em qualquer tipo de operação. Confira alguns exemplos de riscos logísticos e conheça as medidas necessárias para evitá-los.

1 – Multas, avarias e extravio de mercadorias

A logística é uma área complexa, que envolve diversos tipos de atividades sujeitas a falhas. Erros tanto no transporte quanto no armazenamento são capazes de prejudicar a produtividade e a rentabilidade da operação.

Alguns exemplos de riscos logísticos comuns neste sentido são as multas por excesso de peso e avarias nas mercadorias devido ao mal acondicionamento da carga no interior do veículo, o que inclusive pode causar acidentes de trânsito.

Como evitar perdas com multas, avarias e extravio de mercadorias?

Utilizar veículos adequados para cada tipo de operação é o primeiro passo para evitar esse tipo de problema, sempre prestando atenção ao peso máximo permitido por eixo.

O acondicionamento da carga nos veículos também merece atenção. A mercadoria precisa estar bem distribuída, evitando a sobrecarga em um único eixo. Além disso, a carga precisa estar bem amarrada para que não se mova na carroceria, evitando danos ao produto e até mesmo acidentes.

No vídeo abaixo você pode conferir mais algumas dicas de como organizar as mercadorias no caminhão:

Outra medida muito importante para evitar avarias em mercadorias está na implementação de uma gestão de estoque eficiente. Neste sentido, o cuidado na organização do armazém e a atenção aos prazos de validade de produtos perecíveis são exemplos de práticas importantes, que ajudam a evitar prejuízos.

Leia também: O que é prevenção de perdas no varejo? Que práticas envolve?

2 – Problemas mecânicos e acidentes nas estradas

A falta de manutenção nos veículos da frota pode gerar problemas como atrasos nas entregas, gastos inesperados e até mesmo acidentes, colocando em risco não apenas a rentabilidade da operação, mas também a vida do condutor e de outras pessoas nas estradas.

Como evitar acidentes por problemas mecânicos?

Uma das principais medidas de segurança no transporte de cargas são as manutenções preventivas, que contribuem para identificar falhas mecânicas antes que elas ocorram. Essa prática permite certificar o funcionamento adequado do veículo, substituindo componentes e peças desgastadas.

Leia também: O que é gestão de frotas: Passo a passo e dicas de gerenciamento!

3 – Roubo de cargas

Um levantamento da NTC&Logística verificou que, só em 2019, foram registradas 18.382 ocorrências de roubo de cargas nas estradas brasileiras, somando um prejuízo de quase 1,4 bilhões de reais. Esse dado nos dá uma dimensão do tamanho do problema, alertando para a necessidade de buscar soluções.

Como se prevenir contra o roubo de cargas?

A roteirização de cargas pode ajudar a definir um percurso mais eficiente e seguro, evitando áreas de risco, com altos índices de assaltos. Além disso, um sistema de rastreamento veícular permite o monitoramento da frota, prática essencial para garantir que cada veículo esteja cumprindo o percurso estabelecido e em segurança.

Leia também: Passo a Passo do gerenciamento de risco no transporte de carga

O que você achou desses exemplos de riscos logísticos?

Um bom gerente de logística é aquele que conhece bem a sua área e se antecipa aos desafios, criando estratégias para evitar problemas. Com base nesses exemplos de riscos logísticos você já tem bons pontos de partida para estabelecer medidas que garantam a segurança das operações da sua organização.

A Maplink, maior empresa de tecnologia em geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área, fornece o apoio para otimizar suas operações de transporte, garantindo informações estratégicas e redução de custos operacionais.

Com o Maplink Route Planner você tem visibilidade total sobre sua operação. Essa ferramenta lhe permite otimizar seu planejamento de rotas, considerando restrições e características da carga. Com isso, é possível reduzir tanto os custos quanto os riscos logísticos, além de permitir que você monitore tudo em tempo real.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a conhecerem esses exemplos de riscos logísticos e como evitá-los! Além disso, assine a nossa newsletter para acompanhar os melhores artigos do blog da Maplink.

exemplos riscos logísticos

Tags: No tags

Comments are closed.