Tudo sobre custos logísticos – Manual de A a Z

Será que você sabe, realmente, tudo sobre custos logísticos? Aliás, o que a sua empresa considera como custos?

Sem dúvidas, o setor de logística no Brasil é um dos mais onerosos do mundo. Por alguns motivos como: burocracia, dependência do modal rodoviário, baixo investimento em pesquisa e infraestrutura, frotas antigas, alto risco de perdas e furtos. De acordo com pesquisas recentes da CNT, os custos com logística no modal rodoviário ultrapassam 12% do PIB, já nos EUA, por exemplo, essa porcentagem não chega a 9%.

Quando olhamos para o micro, os custos logísticos podem impactar de 12 até 20% no faturamento das empresas. É natural, portanto, que as empresas busquem compreender tudo sobre custos logísticos para, então, criarem estratégias de economia mais inteligentes.

E, acredite, existem, hoje, inúmeras ferramentas que podem auxiliar no monitoramento, análise e redução destes custos. Para te ajudar nesta jornada de economia, montamos um artigo completo com tudo sobre custos logísticos, melhores estratégias, como monitorá-los e soluções para implantar agora mesmo no seu negócio.

Tudo sobre custos logísticos: quais são os principais

O primeiro passo para ter uma visão geral e saber tudo sobre custos logísticos é compreender quais itens consideramos nesta listagem. Para facilitar a percepção de itens X impacto, colocamos a porcentagem aproximada de cada um dos custos em relação ao custo total, veja só:

1 – Transporte

Indicadores de mantenimiento de la flota: 7 métricas que debes monitorear

O primeiro da nossa lista de tudo sobre custos logísticos é o transporte. Afinal, sem dúvidas, hoje, ele é um dos valores mais representativos no orçamento do setor. O transporte é responsável por mais de 30% dos custos totais.

Estamos considerando aqui:

Custos de segurança

Incluímos os custos da gestão de riscos de acidentes, danos e perdas, além do gerenciamento de risco de roubos. Como, por exemplo, gerenciamento de riscos de roubos (GRIS) e Gestão de Riscos de Acidentes e Avarias.

Custos administrativos

Também chamamos de despesas indiretas, por não estarem diretamente relacionados ao transporte de mercadoria. São computados aqui os custos gerais (contas de água, luz, telefone e internet; impostos; manutenção das dependências e aluguel) e remuneração de colaboradores indiretamente ligados ao transporte.

Custos fixos

São chamados de custos fixos de transporte aqueles que independem da distância e da carga transportada. Mesmo que a empresa não esteja em trânsito, os fixos farão parte do cálculo de tudo sobre custos logísticos. São eles:

  • Salário e benefícios do motorista, carregadores e demais colaboradores ligados diretamente à coleta, transferência e entrega;
  • Custos da frota, como IPVA, licenciamento, seguros, depreciação, manutenções.

Leia também: O que é custo operacional? Saiba o que fazer para reduzir as despesas

Custos variáveis

Seguindo a lógica inversa dos custos fixos, os variáveis são aqueles que podem mudar conforme a carga e a distância percorrida. São eles:

  • Combustível;
  • Óleos, pneus e lubrificantes;
  • Pedágios;
  • Manutenções não programadas

Outros custos

  • Reentrega;
  • Escolta Armada;
  • Dificuldade de Entrega;
  • Armazenagem;
  • Cubagem;
  • Devolução de mercadoria;
  • Etc.

Saiba mais: As 12 mais eficientes medidas para reduzir os custos de transporte.

2 – Administração

Os custos logísticos administrativos envolvem a remuneração e bonificação de equipe e são responsáveis por 20% dos custos totais. Podemos incluir aqui ferramentas e melhorias que podem auxiliar os processos administrativos. Como computadores, softwares, sistemas, etc.

3 – Armazenagem

A armazenagem também faz parte de alguns dos principais gastos do setor, representando 21% do total. Os custos mais comuns são:

  • Aluguéis de máquinas, galpões e equipamentos;
  • Conservação de estruturas e locais próprios de armazenagem;
  • Tecnologias e sistemas relacionados a esta etapa;
  • Embalagens;
  • Mão-de-obra;
  • Perdas;
  • Depreciação.

4 – Estoque

custos logísticos

Não poderíamos montar um artigo denominado tudo sobre custos logísticos sem citar o estoque, não é mesmo? Ele representa cerca de 19% do total e é um desafio e tanto para as empresas. Afinal, precisamos encontrar um estoque ótimo para atender à demanda de forma ágil, mas sem perdas.

Esse gerenciamento de estoque, portanto, é um dos custos logísticos. Incluímos também nestes custos o capital parado que poderia ser aplicado, gerando rendimento para a empresa. Ou seja, quando investimos na produção e formação de um estoque, deixamos de colocar esse valor em renda fixa, ou variável, e este custo precisa ser computado.

Quanto maior o tempo de estoque parado, maior o custo.

5 – Normas e trâmites legais

O 5.º item da nossa lista de tudo sobre custos logísticos é relacionado a burocracia, tributos e trâmites legais do setor. Podemos somar a este custo todos os gastos com notas fiscais, emissão de pedidos e impostos.

O que a sua empresa pode fazer para diminuir os custos logísticos

Um dos principais objetivos da logística é entregar a melhor experiência para o cliente final, no menor espaço de tempo e minimizando os custos totais. Não é exatamente um desafio simples, mas a sua empresa pode investir em estratégias de otimização de custos logísticos, tais como:

  • Sistemas de gerenciamento e monitoramento de estoque;
  • Roteirizadores de cargas e veículos;
  • Gestão de custos logísticos;
  • Capacitação e treinamento de pessoal;
  • Planejamento estratégico;
  • Automação de processos;
  • Relacionamento estratégico com fornecedores;
  • Monitoramento e análise de métricas e indicadores logísticos.

Sabe quem pode oferecer algumas das principais estratégias de otimização de custos? As API’s Maplink! Veja só:

Maplink Platform

As APIs Maplink foram criadas para se adaptar às necessidades da sua empresa e sistema, indo muito além do mercado logístico. Como? Bom, nós oferecemos:

  • Serviço de roteirização para rotas simples e com múltiplos pontos, que se adapta ao seu tipo de veículo (carro, caminhão, moto, bicicleta, etc) e considera, para planejamento final, todas as especificidades e restrições da sua operação, além de te apresentar o tempo e custo total.
  • API Planning, que foi criada para otimizar a sua operação, integrando a criação de rotas, com atribuição para os seus veículos ou equipes, para que o custo total seja reduzido e a produtividade aumente.
  • Inclusão de gastos com pedágio (presentes nas suas rotas) nos cálculos da operação e facilidade no pagamento, para garantir previsões e controle de custos efetivos.
  • Cálculos de matriz simplificados, considerando tempo e distância entre destinos (com base na melhor rota) e melhora na experiência de navegação e compra do seu cliente, além de ganhar visibilidade sobre a sua operação.

Ficou curioso para conhecer mais sobre a Maplink? Então, veja abaixo um pouco mais sobre a nossa empresa e como podemos te ajudar a pôr em prática o nosso manual de tudo sobre custos logísticos.

Maplink

A Maplink, junto com o seu time de TI ou desenvolvimento, oferece uma plataforma de APIs que integram com os sistemas da sua empresa, usando a tecnologia para otimizar as operações, garantindo informações estratégicas e a redução de custos logísticos.

Somos a maior empresa de tecnologia de geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área!

Desenvolvemos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Integração e implementação de APIs para otimização de processos operacionais;
  • Nossas APIs integram facilmente com qualquer tecnologia ou sistema (TMS, CRM, WMS e outros). Além disso, o seu time terá acesso a uma documentação completa e a um time de especialistas dedicado, garantindo uma implementação rápida;
  • Otimização de rotas de entrega;
  • Entre outras inúmeras funcionalidades.
  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, Raízen, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Tags: No tags

Comments are closed.