quarta-feira, outubro 20, 2021

O que é Big Data na Logística 4.0? Como funciona + Exemplos

Big Data na Logística 4.0 é uma realidade que promete revolucionar todas as etapas da cadeia de suprimentos. A sua empresa está preparada para essa transformação?

A verdade é que, desde seu surgimento, a Logística 4.0 anda lado a lado do Big Data. Ou, melhor dizendo, o Big Data é uma ferramenta que está atrelada a uma gestão baseada na Logística 4.0.

Coletar, armazenar e analisar dados de forma inteligente e automática é o principal propósito deste novo cenário tecnológico.

A partir de então, é possível obter informações valiosas sobre a performance da empresa, eventuais falhas e fraudes, além de detectar processos ineficientes e gargalos operacionais e logísticos.

Mas vamos por partes. Afinal, o que é Big Data na Logística 4.0 exatamente?

O que é Big Data na Logística 4.0?

Vivemos um momento em que muito se fala sobre a Indústria 4.0, ou seja, a famosa “Quarta Revolução Industrial“. De modo simples, trata-se da automatização total dos processos das fábricas por meio da computação e novas tecnologias.

Podemos aplicar o conceito de Indústria 4.0 a diversas áreas, sendo a logística uma delas. Sendo assim, a Logística 4.0 pode usufruir dos elementos que acompanham essa revolução tecnológica, como: inteligência artificial, internet das coisas, machine learning e, é claro, o big data.

O Big Data na Logística 4.0 auxilia no trabalho e nas funções de máquinas e sistemas automáticos, utilizando um conjunto de informações que permite prevenir avarias e problemas gerais nas atividades logísticas da empresa.

Sempre tivemos os dados como parte fundamental na definição de estratégias empresariais, porém, o volume deste conjunto de informações torna impossível analisá-las de maneiras tradicionais.

Mas graças ao Big Data, é possível extrair, armazenar e analisar essas informações geradas durante toda a jornada de compra do cliente. Em outras palavras, a tecnologia identifica quaisquer falhas no processo logístico e facilita o gerenciamento com maior precisão.

Aliás, o Big Data depende de 5 fundamentos para ser executado com eficiência. São também conhecidos como Cinco Vs do Big Data: volume, velocidade, variedade, veracidade e valor.

Assista ao vídeo abaixo para entender melhor o que é o Big Data e continue lendo para ver suas aplicações na logística!

Big Data na Logística 4.0 na prática

A utilização do Big Data na Logística 4.0 depende de informações que são extraídas de diversas fontes de dados. Essas, por sua vez, devem ser coletadas pelo processo logístico e cadeia de suprimentos das empresas.

Confira exemplos que separamos na prática das fontes de onde vem os dados do Big Data!

Sistemas de operações tradicionais

Os sistemas de operações tradicionais contêm alguns dos dados mais importantes e que devem ser prioridade no momento de análise, como o tempo de preparação de pedidos, tempo de entrega, disponibilidade de produtos no estoque ou distribuidores e o sucesso nas tentativas de entregas.

Quando essa análise é aliada a boas técnicas de roteirização, permite reduzir os custos e reduzir o tempo de entrega!

Atividades da frota de transporte

Entender as atividades da frota de transporte também é indispensável para a gestão. E são vários dados coletados que podem ser analisados com precisão junto ao Big Data: horários, percursos, consumo de combustíveis, plano de manutenções preventivas das frotas, entre outros.

Informações meteorológicas e do trânsito

As condições meteorológicas e do trânsito podem fazer a diferença no transporte logístico. Por isso, o Big Data pode auxiliar emitindo informações precisas e pontuais sobre o clima e o estado das estradas. Por exemplo, o Uber é um caso de sucesso do uso do Big Data.

Previsões econômicas

Análises e previsões econômicas também têm seu espaço na Logística 4.0. O Big Data auxilia desde no cálculo de custos logísticos, quanto nas estimativas de faturamento da empresa.

Comportamentos online dos usuários

Por fim, outro exemplo prático do uso do Big Data na Logística 4.0 é registrar os dados dos visitantes e clientes do site da empresa. É possível analisar os dados para descobrir os padrões de navegações, os produtos mais visitados e desejados da loja virtual. É uma oportunidade imperdível para a logística de e-commerces.

Exemplos de Big Data na Logística 4.0

Entregas Last mile

O last mile delivery (última milha de entrega) é um dos melhores exemplos do Big Data na Logística 4.0. É nada mais do que a etapa entre o produto pronto no centro de transporte e a entrega ao cliente, o último destino.

Saiba mais: Como funciona o Last Mile no E-commerce? 4 principais vantagens

E por que ela merece tanta atenção? Pois um bom planejamento de last mile oferece um alto nível de serviço que faz toda a diferença para o cliente. Desta forma, você aumenta sua vantagem competitiva no mercado, melhora a experiência do cliente e ainda aumenta as chances de fidelizá-lo.

Neste caso, o Big Data auxilia na automação das funções para torná-las mais rápidas e eficientes.

Controle de estoque

Quando o assunto é gestão de estoque, o Big Data pode auxiliar na otimização por meio de ferramentas de gerenciamento de armazém, que por sua vez reúne informações essenciais sobre os fluxos de materiais, localização de mercadorias e o próprio inventário.

Atendimento personalizado

Como no exemplo acima, a experiência do consumidor faz toda a diferença na prestação de um serviço, especialmente quando falamos em logística. Mas as vantagens do Big Data vão além da entrega expressa.

A união entre o Big Data e uma base de gestão de clientes (CRM) facilita também na hora de prever as necessidades desses clientes ou oferecer outros serviços mais personalizados.

Roteirização

Por fim, mas não menos importante, a roteirização é outro exemplo de como o Big Data é importante para a Logística 4.0. Entre as vantagens da roteirização, temos por exemplo:

  • Definição da melhor rota a ser percorrida;
  • Otimizar uso de frota e capacidade de veículos;
  • Organização sistemática de entregas e coletas;
  • Redução de distâncias e tempo de deslocamento;
  • Redução dos custos logísticos;
  • Aumento da segurança;
  • Aumento da satisfação dos clientes.

Leia também: 6 exemplos de Logística 4.0: sua empresa mais competitiva

As soluções da Maplink para suas estratégias de Big Data na Logística

A Maplink, junto com o seu time de TI ou desenvolvimento, oferece uma plataforma de APIs que integram com os sistemas da sua empresa, usando a tecnologia para otimizar as operações, garantindo informações estratégicas e a redução de custos logísticos e operacionais.

Somos a maior empresa de tecnologia de geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área!

Desenvolvemos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Mais agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas e referências nos mercados em que atuam, como: Mercado Livre, JSL, Sem Parar, Nestlé e BRF. Agende agora mesmo uma conversa com um de nossos especialistas.

Newsletter
Últimos Posts

Google Maps Plataform: Novo recurso de estilização de mapas

Neste mês, o Google anunciou um novo recurso de estilização de mapas, que permite melhorar a experiência para os...

Artigos Relacionados