o que é logística 4.0

Logística 4.0: Definição, prática, impactos e desafios dessa revolução

O termo Logística 4.0 surgiu como um reflexo direto da revolução dos big dados, automação super complexa, simuladores, internet das coisas. Além, é claro, do uso mais frequente da inteligência artificial.

Essas novas tecnologias e ferramentas mudaram a forma de consumo, de produção e de viver de todas as grandes cidades. E, como já esperávamos, com o tempo têm se desenvolvido em todos os cantos do mundo.

Alguns países da Europa e da América do Norte, por exemplo, estão mais avançados, tanto em conhecimento, como em aplicação dessa logística 4.0. Exatamente por isso que devemos nos aprofundar mais neste tema e conhecer melhor como tudo isso funciona na prática.

Vamos entender melhor como tudo isso aconteceu e o que você precisa saber para aproveitar as oportunidades que já surgiram?

Ah, separamos também alguns dos principais desafios e implicações à cadeia de suprimentos, transporte, relacionamento com clientes e fornecedores. Então, fique com a gente até o final!

Evolução Logística

Para entender melhor como chegamos à Revolução 4.0 é importante saber o que é uma revolução. Resumidamente, utilizamos este termo para narrar acontecimentos que alteraram profundamente as estruturas de produção e comercialização existentes.

A primeira revolução industrial, por exemplo, trouxe a máquina a vapor, manufatura e, consequentemente, o começo da industrialização. Já, na segunda revolução, percebemos uma industrialização mais concreta, com indústria química, elétrica, de petróleo e aço. E, claro, uma das mudanças mais impactantes foi referente ao progresso da comunicação e dos meios de transporte.

Apesar de a tecnologia já dar indícios na segunda revolução, podemos considerar que as mudanças tecnológicas começaram, realmente, após a 3.ª Revolução Industrial. Afinal, foi em meados do século XX que aconteceu o advento da internet, a tecnologia, então, começou a se popularizar. Ouvimos, por exemplo, durante essa revolução, ideias sobre robótica e a ciência possibilitava inovações cada vez mais rápidas e… Revolucionárias.

Neste período desenvolvemos sistemas capazes de gerenciar as atividades logísticas, automatizar etapas de compras, o gerenciamento de materiais e recursos. Além, é claro, de entrarmos no universo dos e-commerces, que alterou consideravelmente as etapas de distribuição e controle de estoque.

Como você pode notar, a 3.ª Revolução já alterou completamente o mercado. Mas, quando achávamos que já era o limite do desenvolvimento, começamos a sentir as consequências de tanta tecnologia, facilidade de receber e passar informações. Era preciso descobrir métodos para melhorar a experiência do consumidor digital e conectado.

A solução: criar métodos mais eficientes, melhorar os níveis de serviços e produtos através de dados valiosos, conectividade e inteligência artificial. Então, enfim, chegamos na 4.ª Revolução Industrial e nos impactos, não só da internet das coisas na logística, como todo o universo de dados, simuladores e meios de conexão cada vez mais desenvolvidos.

Leia mais: Transformação digital nas organizações: pode onde começar?

Neste próximo tópico explicaremos melhor sobre o que é logística 4.0, principais impactos, exemplos e desafios.

O que é a logística 4.0

o que é logística 4.0

O termo logística 4.0 surgiu no início da segunda década dos anos 2.000, para dar nome a inúmeras inovações que alteraram todo o processo produtivo. O setor entrou definitivamente na era da inteligência e da digitalização.

A logística 4.0, portanto, teve sua base construída em processos, ferramentas, pessoas e dados que se conectam formando estruturas muitos mais complexas, inteligentes e independentes.

Incluímos, no termo logística 4.0, todas as revoluções que ocorreram no setor referentes ao avanço tecnológico destes últimos anos. Dentre as principais temos:

  • Internet das coisas;
  • Inteligência artificial;
  • Big Data;
  • Sensores;
  • Simuladores;
  • Robótica.

Não deixe de ler: 5 novas tecnologias logísticas que vão mudar o mercado.

Como funciona a logística 4.0?

A logística 4.0 não é uma estratégia engessada, que simplesmente colocamos em prática e observamos os resultados aparecerem. Ela é um processo em desenvolvimento, crescendo e se aprimorando com investimentos, inovações e muita tecnologia.

Afinal, novas ferramentas que possibilitam maior integração, mais conectividade e trazem ainda mais independência para “coisas”, processos e etapas surgem a todo instante. Na prática, portanto, você precisa estar sempre atento às atualizações das suas ferramentas e estratégias.

Desta forma é possível imprimir todos os benefícios da logística 4.0 a longo prazo na rotina da sua empresa. Mas, quais benefícios cada um dos fatores da logística 4.0 podem trazer?

Impactos positivos através de exemplos da logística 4.0

Como já mencionamos, a logística 4.0 é um caminho inevitável para atender um mercado cada vez mais digital, eficiente e conectado. Mesmo com essa demanda clara, e crescente, muitas empresas deixam de investir em estruturas de automação para manter o potencial competitivo. Se você é uma delas, e ainda está em dúvida sobre os benefícios da logística 4.0, vamos pontuar alguns dos principais benefícios dessa revolução:

  • A automação aumenta a produtividade de toda a sua equipe, reduz custos com retrabalho e falhas humanas. E, claro, é uma ótima aliada no combate a fraudes;
  • A inteligência artificial possibilita criar simuladores cada vez mais eficientes, máquinas e processos mais inteligentes que permitem escalabilidade com aumento dos níveis de serviço;
  • A internet das coisas proporciona mais integração e conectividade entre etapas, colaboradores, fornecedores e clientes. Assim criamos uma cadeia que se alimenta de dados valiosos em tempo real, com comandos inteligentes e maior independência;
  • Sensores e simuladores são algumas das ferramentas mais potentes na logística 4.0. Afinal, eles possibilitam o monitoramento de cargas e roteirização de veículos, com a construção de rotas mais eficientes e minimização de riscos. Tanto externamente, com colaboradores de campo, quanto internamente, com ferramentas e sistemas de simulação;
  • A conectividade em tempo real, armazenamento em nuvem e integração permitem criar gerenciamentos mais eficientes. Principalmente no acompanhamento de manutenção de frota, controle de estoque e gerenciamento de compras.

Dificuldades

Uma das maiores dificuldades na prática da logística 4.0 é investir em uma estrutura que ofereça à sua empresa todos os benefícios da IoT, inteligência artificial, big data, etc. Mas, é preciso, o quanto antes, começar e otimizar o seu mundo através da inteligência de dados, localização e mapas é um passo determinante no sucesso a inclusão da sua empresa na logística 4.0.

Quer entender como a Maplink pode te ajudar nesse processo? Então, conheça um pouco mais sobre as nossas funcionalidades!

Maplink

A Maplink, junto com o seu time de TI ou desenvolvimento, oferece uma solução robusta, usando a tecnologia para otimizar as operações de sua empresa, garantindo informações estratégicas e a redução de custos operacionais.

Somos a maior empresa de tecnologia de geolocalização da América Latina, com 20 anos de experiência na área!

Desenvolvemos soluções que permitem utilizar a inteligência da geolocalização para melhorar a integração entres os canais online e offline, por meio da integração do seu sistema com a API do Google Maps. Mas quais são os benefícios disso na prática?

  • Aumento da eficiência nos atendimentos, reduzindo o tempo de resposta e facilitando o acesso ao histórico de cada cliente;
  • Maior agilidade e melhora na comunicação entre cliente e empresa, garantindo uma experiência de compra muito mais positiva para o consumidor;
  • Maior agilidade no fluxo de trabalho, uma vez que o sistema passa a ser alimentado automaticamente e em tempo real;
  • Redução de custos por meio da automatização de atividades, eliminação do uso de papel e otimização dos deslocamentos ao agrupar trabalhos geograficamente próximos;
  • Acesso a dados atualizados, que facilitam o acompanhamento de métricas e indicadores que garantem a satisfação dos clientes;
  • Melhora na rentabilidade, devido ao aumento da produtividade da equipe.

Apoiamos empresas que são protagonistas da economia e referências em seus mercados, como: Mercado Livre, Decolar.com, Gol Linhas Aéreas, Nestlé e BRF.

Fale com um de nossos especialistas e conheça as melhores soluções!

gerenciamento de pedidos

Tags: No tags

Comments are closed.